sexta-feira, junho 05, 2009

Urubus e Políticos



Rodrigo Constantino, para o Instituto Liberal

Existem duas espécies de animal que começam a circundar cadáveres ainda frescos: urubus e políticos. A tentação que um político sente de explorar tragédias alheias para benefício próprio é quase irresistível. São como urubus sobrevoando a carniça. Eles exploram da forma mais nefasta o sofrimento das pessoas, tentando cacifar dividendos políticos com isso. Com o trágico acidente do AirBus não poderia ser diferente.

O presidente Lula chegou a fazer uma propaganda da Petrobrás, que tem sido alvo de ataques com a tentativa de se instaurar uma CPI. Ele disse que “um país que acha petróleo a seis mil metros de profundidade pode achar um avião a dois mil”. Perdeu uma excelente oportunidade de ficar calado! A presença do presidente na missa que ocorre hoje no Rio em homenagem às vítimas do acidente estava confirmada, mas o Palácio do Planalto avisou que Lula não irá mais participar do evento. Talvez seja medo de receber vaias, como aconteceu no Maracanã. Se for isso mesmo, faz sentido...

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, é outro que tem aproveitado a ocasião para aparecer. Tem feito mais declarações do que devia, tentando aparentar eficiência. O governo chegou a afirmar que tinha encontrado os destroços do avião, se precipitando de forma irresponsável, pois ficou provado depois que não era o caso. Enquanto isso, a dor dos parentes parece ser a última preocupação dos políticos, focados demais em extrair alguma vantagem eleitoral com a desgraça dos outros.

Deveriam, esses políticos no poder, se preocupar mais com as desgraças que podem ser evitadas, como o caso da enchente no Piauí que desabrigou mais de 30 mil pessoas. Por negligência do governo petista, famílias retornaram para a região achando que era segura, apenas para terem suas casas tragadas pela chuva. Mas isso não merece tanta atenção dos políticos, pois joga contra sua imagem. Fica cada vez mais difícil distinguir um político de um urubu.

5 comentários:

Eduardo Bernasconi disse...

Não consigo encontrar uma comparação melhor.
Lula é um urubu!

fejuncor disse...

Outra pérola do Lula.

Usando de tragédia pra se promover... francamente.

O povo se reflete na ignorância. Na televisão, a ignorância dá mais audiência do que a cultura.

(Un)Conventional Wisdom disse...

Rodrigo, tenho 2 perguntas:

vc considers metodos econometricos importsntes, qual o vslor deles?

E: das faculdades de economia do brasil, quais centros seguem uma linha menos estatista e mais liberal?

samuel disse...

Lula fazendo declarações ufanistas em cima de uma tragédia, o Itamaraty do PT interferindo na justiça suíça, mostrando que não temos diplomacia, agora vem o ministro da Defesa dizer mentiras e mostrar que estamos indefesos...
O PT não vai descansar enquanto não desmoralizar totalmente o Brasil.

fejuncor disse...

E o ministro Jobim com vareta, mapa, etc afirmou inverdades sobre os destroços no mar: ele está envergonhado? O vi em frente a uma lousa dando aula como se fosse engenheiro naval ou especialista na aviação. Mostrou, afirmou que os destroços no mar eram do avião que sumiu. Depois vieram as informações verdadeiras dizendo que os destroços nem tinham sido recolhidos para avaliação. Enquanto isto a França dava notícias cuidadosas e sem alarde, vivendo a tragédia dentro da realidade. Sem afirmações. Como pode a vaidade fazer do homem um desinformado metido a informado. É lamentável a demagogia mesmo diante das tragédias.