quinta-feira, novembro 29, 2012

Felipão sabe das coisas!


"Se o jogador entrar sem pressão nenhuma, pensando que o objetivo é jogar a Copa, não pode ser assim. Fui jogador do interior. Eu era bom. O pessoal dizia que não, mas eu era bom. E tem pressão. Eles têm que saber. Nossos jogadores sabem que seria um dos títulos mais importantes que o Brasil já conquistou. Tem que trabalhar bem esse aspecto. Se não tiver pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil, senta no escritório e não faz nada." (Felipe Scolari)

Só tem um jeito mesmo para resolver isso: Privatize Já!

9 comentários:

Anônimo disse...

Total falta de respeito com os bancários. Vá em algumas agências da Caixa e do BB e vejam como são cheias. Vc acha que não rola stress para os bancários nas agências ? É mole ter que atender mais de 200 pessoas por dia ? Sem contar a falta de pessoal. Tem agência que só há um caixa trabalhando. E os bancários são a categoria que mais sofrem de doenças originárias de estresse !

Anônimo disse...

Cerca de 1.200 bancários são afastados do trabalho mensalmente, por razões de saúde, vítimas do assédio moral e da pressão violenta para que cumpram as metas abusivas de produção e vendas impostas pelas instituições financeiras, inclusive o Banco do Brasil.

sergio disse...

ele não falou mal dos bancários, ne do BB. falou que vc pode ir trabalhar no BB e não fazer nada. é diferente de dizer que quem tá lá não faz nada. e a pessoa pode fazer isso mesmo, haja visto que o BB tem estabilidade, vc não pode ser demitido por enrolar, só se roubar...

André disse...

Vai chover email dos funças na CBF,hehehe.

Salvatti disse...

A frase acima do segundo anônimo é do presidente da Contraf-CUT, Carlos Cordeiro.

Agora, CUT, contra assédio moral, me faz rir. Ora, a CUT vive disso nas empresas. Estão lá para proteger a relação insalubre da qual tiram o próprio sustento.

Roberto disse...

Ironia cruel. Sou funcionário publico e sei que existem os bons e os maus. Realmente o ávido no BB esta bem abaixo de que devia ser. Na CEF é a mesma coisa. Existem ilhas de excelência, creio que o sentimento deve ser, trabalhar com amor e buscando a excelência, como numa empresa privada, mantendo o beneficio de ser funcionário publico. É como tento fazer na minha área, saude, na qual trabalho em ilhas de excelência também. Os salários são péssimos, na minha área como na bancaria, mas é aquilo, se escolheu, trabalhe com afinco, se nao quer exonere! E minha formação foi de 11 anos em tempo integral para chegar onde estou.

André disse...

Sérgio, funcionário do BB é celetista, ou seja, eles nao tem estabilidade como os funcionários públicos estatutários.

André disse...

Sérgio, funcionário do BB é celetista, ou seja, eles não tem estabilidade como os servidores públicos estatutários.

Anônimo disse...

Se tem bancário reclamando, significa que a carapuça está servindo! Quem trabalha de verdade tem mais com o que se preocupar na vida, do que com esse tipo de comentário do Felipão. Simples assim!