quarta-feira, dezembro 08, 2010

Maior inflação desde 2005

Do G1:

A inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ganhou força em novembro e acelerou para 0,83%, informou nesta quarta-feira (8) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

É o maior índice mensal desde abril de 2005, quando havia atingido 0,87%, de acordo com o IBGE.

O indicador havia registrado as variações de 0,75% em outubro e de 0,41% em novembro de 2009.

De janeiro a novembro, a alta acumulada pelo IPCA é de 5,25%, acima dos 3,93% registrados em igual período de 2009. O IPCA é o indicador usado como base para as metas de inflação do governo determinadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Atualmente, a meta central para a inflação em 2010 é de 4,5%, com intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo (até 6,5%).

Na opinião de analistas do mercado financeiro consultados pelo G1, o patamar elevado da inflação é preocupante e impõe a necessidade de mais medidas do governo para controlar os preços, como aumento dos juros e artifícios para "enxugar" o mercado, como a elevação do compulsório anunciada recentemente pelo Banco Central.

"Quanto mais cedo o BC começar a elevar os juros, melhor. Vamos terminar o ano com inflação por volta de 5,8%, acima da meta, e o BC precisa recuperar sua credibilidade com o mercado", opina Luís Otávio Leal, economista-chefe do Banco ABC Brasil.

Comento: A fatura está chegando! Após tanto tempo de gastos públicos crescentes e crédito em expansão acelerada, a inflação começa a incomodar de verdade. O BC terá que subir a taxa de juros em 2011, talvez em até 200 pontos base. O mais correto seria um forte aperto fiscal por parte do governo, assim como reformas estruturais que estimulassem os investimentos privados. Mas com um governo Dilma fica difícil acreditar que as medidas necessárias serão tomadas. Algum corte nos gastos deve ocorrer, mas muito pouco perto do ideal. E as reformas têm baixa probabilidade de serem realizadas. Crescer bombando gastos do governo e crédito é tarefa fácil, que até um apedeuta pode executar. Complicado é crescer fazendo a coisa certa, de forma sustentável, sem pressionar tanto a inflação. É hora de aprender economia básica, petralhas!

PS: Nesta palestra no I Seminário da Escola Austríaca eu fiz um alerta sobre os riscos de maior inflação.

17 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

eles sabem. isto é que é perverso.

daniarriba disse...

Li que a carne subiu 10% em novembro. Parece brincadeira esse negócio de 10%....aqui no interior por exemplo o contra filé passou de 13,00 para 20,00, poe 10% nisso.

Anônimo disse...

Isso já era esperado. meteram a mão no dinheiro para gastos de campanha política

Thiago Montemor disse...

Caro Rodrigo,

Quando uma casa popular no Brasil custa o DOBRO da mesma casa nos EUA, com o povo brasileiro ganhando metade do que os americanos, algo está errado.
Quando a carne no Brasil custa 3,5 vezes mais do que na EUROPA, algo esta errado, o povo brasileiro ganha 2,5 vezes menos que o Europeu
Quando o aluguel médio no Brasil custa mais do que em qualquer país emergente e em desenvolvimento, se igulando a alugueis de Itália e Bélgica, algo esta errado

Ou seja, quando um cara vem dizer que controlaram a inflação na verdade ele esquece de mostrar: os preços da cesta básica sobe 11% no ano, e os outros alimentos sobem em média 23%, os alugueis e valores dos imóveis sobem 18% no ano, os carros aqui considerados e com preços de luxo e em qualquer parte do mundo os mesmos carros são considerados médios e basicos, pagamento recorde de impostos, vide o Toyota Camry o modelo mais vendido e mais popular dos EUA custa uma cobertura aqui...ALGO ESTA MUITO ERRADA...MATEMATICA É OBJETIVA E LÓGICA, QUEM QUISER SABER A VERDADE SOBRE A "FARSA LULA" É SÓ FAZER CONTINHA DE PRIMARIO E DESCOBRIr QUE QUALQUER COISA QUE SAI DA BOCA DE ESGOTO É MENTIRA!!!!

robesa disse...

estão tirando as mangas de fora somente depois do pleito.

GIL disse...

Não é isso que o povo quer?!?
Então, que pague a conta.

Anônimo disse...

E o Lula dizia que inflação de comida era boa, porque era sinal de que o povo estava comendo mais rsrsrsrsrs pobre quando vai ao supermercado hoje nem pelo açougue passa.

Anônimo disse...

Só mais um "Apedeuta" metido a entender de economia.

Anônimo disse...

É óbvio que o Merdelles segurou o aperto até passar as eleições.

Este é que é o nosso "grande e respeitado" banqueiro central, contribuindo para a máfia petista se perpetuar no poder, aliás, ele queria até ser vice da Dilma.

Quem tem banco central assim não precisa de inimigos.

Anônimo disse...

os tão sonhados empregos públicos da classe média nordestina (uso como base meus conhecidos em pernambuco/alagoas) não vão vir. meu irmão que está interessado em ser diplomata após alguns anos com 100 ou mais vagas por ano finalmente viu o número cair a 26!!! Aparentemente o Brasil mostrado por Lula/D estava maquiado. E agora que caíram na real os concurseiros

Anônimo disse...

Isso é real?:

"Com juros altos, as prestações ficam mais caras e as pessoas compram menos, o que restringe o aumento dos preços. No caso de redução dos juros, o receio do governo é que haja muitas compras e as indústrias não consigam produzir o suficiente."

Obrigado, abraço!

Corruptocracia: Roubar é poder! disse...

Constantino, viu que a Economia desacelerou e cresceu só 0,5% no 3º trimestre? Não foi esse o PIB que o Lulla cacarejou antes das eleições...

............

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 0,5% no terceiro trimestre deste ano, ante o trimestre anterior com ajuste sazonal, a menor expansão desde os primeiros três meses de 2009, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. A soma dos bens e serviços produzidos no País entre julho e setembro (descontadas as despesas com os insumos usados no processo) alcançou R$ 937,2 bilhões em valores correntes.

Na comparação com o terceiro trimestre de 2009, a economia nacional cresceu 6,7%. No acumulado de 2010 o PIB variou 8,4% até setembro, em relação ao mesmo período do ano passado. Já em 12 meses encerrados em setembro, o PIB registrou avanço de 7,5% se comparando aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

Segundo os dados do IBGE, a desaceleração ocorreu devido à fraqueza da indústria e da agropecuária. A indústria registrou retração de 1,3% no terceiro trimestre sobre o segundo, enquanto a atividade de agropecuária caiu 1,5%.

............

Curioso como não mencionam quanto fechou o PIB do Brasil de 2009. Não é relevante? Ano passado a retração foi de 0,2%, a primeira queda anual em 17 anos, alguém lembra? Isso significa que se cresce 7% este ano dá pouco mais de 3% a média nos dois anos.

Mas esse tipo de observação a mídia capacha do governo faz questão de esconder.

FOMOS ENGANADOS disse...

DURANTE O GOVERNO LULA SÓ SE FALAVA COISAS BOAS

AGORA ESTAMOS ASSISTINDO INFLAÇÃO EM ALTA E QUEDA DE PIB, FORA COISAS COMO FAJUTAGENS DO ENEN E DAS VACINAS ANTI RÁBICA NOVAS QUE MATAM CÃES

SERÁ QUE LULA CORTOU A VERBA PARA PROMOÇÃO DE SEU GOVERNO DEPOIS QUE AS ELEIÇÕES TERMINARAM

Burocratoparasita da União disse...

Pois é, Corruptocracia, esse crescimento partindo de uma base tão baixa não é mais que obrigação. Mas aqui não é a França Antártica. Aqui é o litoral do Paraguai, o interior do Perú.

Anônimo disse...

Chega a ser engraçada a ginástica que a mídia chapa-branca faz para amenizar o anúncio do PIB negativo de 2009. Crescemos menos que a média mundial no período Lula (os petistas gostam de comparar o crescimento brasileiro com o de países que já são desenvolvidos como Alemanha ao invés de Índia, China..); mas o que tem crescimento positivo são as carteiras de adesistas e puxa-sacos de primeira linha.

ntsr disse...

Todo povo tem o governo que merece.

Anônimo disse...

.
Ao ver teu post e a palestra (pela segunda vez), a impressão que fico é que você está em uma bolha, isolado do mundo real.
.
Vou fazer uma imagem: Você, seus amigos, seus contatos no Instituto Liberal e outros centros de estudos estão totalmente afinados no que pensam, usam as mesmas fontes, falam com as mesmas pessoas, tem os mesmos comentaristas positivos no blog (os outros são cortados), se elogiam entre si,...
.
Aí voce vai afastando a visão e se enxerga dentro de um aquário, separado do resto do mundo... e você é um peixe que só conhece esta água como habitat...
.
Tudo é água em sua volta, mas vocês estão isolados, convictos e felizes... cada um cumprimentando o brilhantismo do outro.. é um circulo virtuoso de incensação.
.
Você mesmo falou dos dois onibus...
.
Creio que você tem potencial para tentar sair do aquário....
.
Mas, "ignorance is a bliss"... tem muito mercado para você dentro do aquario...
.
-------------------
.
Quanto a tua palestra colocaria estes pontos, por desencargo de consciência:
.
a) O empresário brasileiro privado, prefere manter a empresa como LTDA... A bolsa, além de aumentar demais o custo operacional da empresa, deixa ele sem controle do patrimonio...
.
b) A bolsa brasileira ficou composta pelas empresas que foram privatizadas no governo FHC... por imposição do FMI. Porisso é chapa branca...salvo alguns viciados em adrenalina...
.
c) Como medida anticiclica, durante a fase braba da crise o governo abriu mão de impostos e incentivou o consumo... e os bancos privados não quiseram bancar o crédito, a exemplo dos bancos estrangeiros no exterior...
.
Então o govêrno "determinou" que os bancos estatais fizessem este financiamento e salvou a industria nacional de entrar em colapso e, de quebra, deixou o povo feliz, se sentindo rico... O diretor do Banco do Brasil tentou se negar a participar e foi demitido no ato...
.
Veja o buraco que estão os outros países... a solução deste "excesso brasileiro" será resolvido porque o "estado psicológico" (escola austriaca, creio?) está bom...e muita gente vai investir aqui... espero que não no "mercado financeiro"...
.
Os estrangeiros estão apavorados... só estão bem os muito ricos, investindo nas bolsas e especulando contra moedas de outros países como China e Brasil.
.
d)A inflaçao do ultimo mes é 50% carne... e outros alimentos...
.
Você deve saber, mas a fome no mundo está novamente matando milhões porque os "espertos investidores" estão monetarizando todo o tipo de alimento... No mundo, com esta manobra o preço médio de alimentos básicos está aumentando rápidamente... quem não tem dinheiro, vai morrer de fome...
.
O investimentos estão indo para ouro e alimentos ... vai ser uma carnificina.
.
e) Na industria só está perdendo quem produz com insumos internos e está concorrendo direto com produtos industrializados de outros países, principalmente China e asiáticos.
.
Os outros, mesmo com dólar desvalorizados vão sobreviver.
.
f) Pare com isto de socialismo, comunismo, facismo... isto acabou há mais de 25 anos... Dê o desconto quando falar com conservadores idosos... eles já tinham esta paranóia quando jovens... o tempo só agrava isto.
.
g) A EUROPA está reestruturando a divida, com consultoria do FMI... é a mesma doutrina tua sem as considerações psicológica e dos conservadores americanos...
.
Acompanhe o strike que vai levar a economia do euro...seguindo a receita do FMI.
.
h) Tente, mas tente com vontade, entender a estrutura social, politica e economica da China e do Japão, pelo menos... O PIB somado deles, por paridade de poder de compra, já é maior que o dos EUA...
.
Em 30 anos a China e o Japão, eles chegaram a este ponto de maiores economias do mundo... Não devem estar fazendo tudo errado...
.
Felicidades...
.