segunda-feira, abril 22, 2013

Os impactos do intervencionismo


4 comentários:

Victor Pacheco disse...

Parabéns pela palestra. Excelente.
Vivemos num país que possui em seu DNA uma mentalidade patrimonialista, onde se espera que o Estado seja o condutor "celestial" e solucionador de todos os problemas. Problemas aliás, causado pelo proprio Estado. Esta é a lógica circular que numa espiral viciosa aumenta a máquina maldita e gera distorções para todos os lados...

Anônimo disse...

otima palestra!
pecisamos divulgar cada vez mais essas ideias para tentar alterar a tempo o rumo perigoso que o Brasil esta tomando...
compartilho de seu pessimismo.
abs

Edson Vergilio disse...

Outro Exemplo:
O governo brasileiro está liberando 6 Bilhões para os "empresarios usineiros brasileiros" aumentarem a produção de etanol para o governo aumentar o percentual de etanol na gasolina de 20% para 25% a partir de Maio. Dá para aumentar a disponibilidade de terras cultiváveis para se plantar cana de açucar e aumentar a produção e a disponibilidade de etanol através de um decreto ou uma canetada? Só na cabeça do Guido Mantega que não sabe a diferença entre um pé de cana e um bambu.

Mantega disse...

Edson, a cana dá etanol, e o bambu?