quarta-feira, abril 09, 2008

Apenas Criminosos


Rodrigo Constantino

“A complacência de hoje é paga com a angústia de amanhã; e se ela persiste, com o sangue de depois de amanhã.” (Suzanne Labin)

Os vagabundos do MST decidiram atacar a Vale novamente. Todo oportunista precisa ter um bode expiatório para justificar suas atrocidades. A Vale parece ter sido a escolhida pelos bandidos do MST. A empresa que, depois de privatizada, tem sido um ícone do avanço das empresas brasileiras mundo afora, virou a grande inimiga dos parasitas que dedicam todos os esforços apenas para pilhar, jamais construir.

O mais revoltante de tudo isso é saber que os vândalos prejudicam o funcionamento da economia com o uso dos nossos recursos, tirados na marra pelo governo. São os impostos dos trabalhadores e consumidores prejudicados pelas ações do MST que sustentam esse movimento golpista. O governo Lula repassa verbas enormes para ONGs ligadas ao MST, além de sempre ter sido conivente com o movimento. Ele literalmente veste o boné do movimento. Isso é uma afronta inadmissível ao povo brasileiro. Algo precisa ser feito com urgência.

É lamentável constatar que ainda existem muitos esquerdistas que chamam o MST de “movimento social”. Ora, os baderneiros do MST representam justamente o anti-social, aqueles que tentam atrapalhar, roubar, explorar os demais. Por causa da cumplicidade estatal, muitos descobriram que colocar um boné, vestir uma camisa vermelha e pegar numa foice virou um meio de vida. Basta isso, de preferência invadindo propriedades privadas para pressionar mais a sociedade, que logo flui uma montanha de dinheiro para os invasores.

O MST goza de uma blindagem totalmente absurda, pois vestiu o crime com uma roupagem ideológica. Seus defensores tentam jogar proprietários e invasores no mesmo saco, na melhor das hipóteses, quando não invertem tudo e culpam aqueles que querem produzir pela situação. Se um invasor invadisse a casa de alguém, este proprietário teria ou não direito de se defender? Claro que sim! Este é um princípio básico da sociedade, o direito inalienável da autodefesa. Mas quando a invasão ocorre longe das grandes cidades, automaticamente esses esquerdistas acham que tudo fica diferente, que é pelo “social” e, portanto, um ato nobre. Nada poderia ser mais falso! Nem mesmo o MST consegue mais se justificar apenas com a bandeira de latifúndios improdutivos, que já era absurda. Agora invadem de tudo mesmo, incluindo laboratórios importantes para o progresso nacional, fazendas produtivas e até ferrovias de mineradora. São empecilhos para o nosso desenvolvimento. São um câncer para o país. E o pior: quase em estado de metástase, por culpa do governo. São o embrião das FARB, como a Colômbia convive com os seqüestradores e terroristas das FARC.

Eu não peço muito em relação ao MST. Peço apenas justiça. Não a “justiça social”, pois quando a palavra mágica “social” é anexada à outra palavra, isso normalmente quer dizer injustiça. As pessoas devem se sustentar de forma independente, através do trabalho, de trocas voluntárias num livre mercado. Os herdeiros de Átila, o huno, devem ser derrotados se a sociedade pretende evoluir. A mentalidade do MST é a mentalidade da pilhagem, da expropriação, da violência. O movimento representa tudo que há de mais retrógrado no mundo. São os grandes reacionários. A solução é simples: aplicar a justiça a estes parasitas. Os hospedeiros não agüentam mais esse vírus. Resta saber quando esses criminosos do MST serão tratados... como criminosos! Afinal de contas, eles não são nada além disso: apenas criminosos.

50 comentários:

Marcelo Werlang de Assis disse...

Tais cretinos do MST, de fato, fazem jus ao abstrato conceito de "bem comum", expressão essa que é, no fundo, sinônimo de "mal individual". Os sujeitos do MST invadem propriedades, praticam arruaças, objetivam a plena anarquia, tudo com o intuito de realizar uma bem-sucedida operação "soma zero". Quem paga o preço (e o pato) somos nós, sofridos pagadores de impostos, oprimidos cidadãos e revoltados indivíduos. Não sou reacionário nem radical, mas fico com grande vontade de dizer: "Morte ao MST!". Se eu fosse presidente ou, pelo menos, se eu tivesse tal poder, colocaria o MST imediatamente na ilegalidade, caçando todos, prendendo todos e, se necessário, matando todos. Pois criminosos como eles não têm mais salvação: ou lhes damos a morte ou nós nos sentenciamos à morte.

João Humberto Venturini - Beto disse...

São comentários estúpidos como esse do marcelo e artigos ridículos como o do Rodrigo que são criminosos. Sou a favor do MST e o governo têm expropriar os grandes latifundios e grandes propriedades monocultoras. Não tem que indenizar esses pilantras que rolam dívida atrás de dívida e só enchem os seus bolsos enquanto a maioria no campo vive na penúria. Esses fazendeiros do agrobusiness é que são os vagabundos e criminosos que na maioria grilaram terras e hoje promovem assassinatos de qualquer um que se oponha. Fiscais, religiosos, sem-terras, índios, são alvos preferenciais desses fascínoras, os quais a mídia aplaude e idiotas como Rodrigo e cia. assinam embaixo. Crimonosos na verdade são vcs direitóides.

freedom disse...

Geralmente a lei de invasão de propriedade privada não funciona para eles. Pq? É uma vergonha!!! Se um bandido qualquer invade sua casa, o poder público vê de uma forma, não branda, o q está correto. Mas se a invasão é de propriedade rural, ferrovia etc. por parte de grupos como MST, vê de outra forma, não de maneira rigorosamente contra, sendo q tb houve uma violação de propriedade privada. Não pode haver favorecimento. A lei, afim de proteger a propriedade privada, deve ser igual para todos. Mas ela, infelizmente, os privilegia deixando de punir de forma enérgica os membros desses grupos q desrespeitam a propriedade alheia, e ainda por cima o estado entrega grandes somas a ONGs ligadas a esses grupos. Isso não pode continuar.

Rodrigo Constantino disse...

"Sou a favor do MST"

Então vc é a favor do crime, do atraso, da violência, do roubo. Vc é um idiota ou um safado.

Rodrigo

João Humberto Venturini - Beto disse...

"Então vc é a favor do crime, do atraso, da violência, do roubo" Isso é uma frase típica de um reacionário direitóide mesmo. Crime? quem assassina religiosos como a irmã Dorothy (vai ver ela era uma comunista a serviço de Cuba, né?)fiscais do trabalho (vide o caso de MG) sem-terras e ameaçam e perseguem qualquer um que se oponha não é o MST, mas sim grandes fazendeiros em conluio com associações e organizações criminosas como a UDR. É muito complexo para um direitóide entender a questão agrária. É isso que dá ser um poodle adestrado do Reinaldo Azevedo e Vejas da vida.

ricchus disse...

É impressionante como o homem emburrece sendo membro ou adepto de religiões, seitas, partidos políticos ou movimentos sociais.

Taí o Venturini que não me deixa mentir.

Anônimo disse...

É interessante constatar como existe tanta gente que ainda acredita em direita ou esquerda no Brasil! Como se houvesse isso por estas paragens! O PT por exemplo, que pregava tanta coisa socialista, ao chegar ao poder, age igualzinho a tal direita que ele tanto condenava! Lula abertamente elogia Severino "mensalinho" Cavalcante. Elogia o Renan "rei do gado" Calheiros e todos os 400 ladrões que ele dizia que existiam no congresso agora são seus melhores amigos! Irmãos de sangue! O tal do MST só faz arruaças. Quando seus integrantes põe as mãos nas terras que avidamente eles cobiçam, o que fazem em seguida? Vendem-nas! Se isso não é um grupo de sem-vergonhas, malandros e picaretas profissionais então não sei o que são. Do jeito que as coisas andam neste país não duvido que o Marcola ou o Beira-Mar se elejam presidente do Brasil e sejam ovacionados com aprovação recorde!!!

Saramar disse...

Nem em algum exercício da mais delirante ficção, poderíamos imaginar que os criminosos do MST pretendem realizar reforma agrária. O que fazem é utilizar de milhares de miseráveis para doutriná-los segundo o jurássico modelo comunista enquanto vivem às custas do dinheiro de quem realmente trabalha neste país.
São criminosos, mentirosos e aproveitadores.
Se este país tivesse um governo sério, seus líderes estariam todos na prisão.

Anônimo disse...

BANDIDO quem ?! EU ?

Existe um ditado chinês que diz, "seja sempre humilde, vença mas não humilhe"

Ontem, 10.04.08, no JN, vi Roger Agnelli, ex-executivo do BRADESCO e hoje presidente executivo da CVRD numa matéria sobre as invasões de instalações da CIA no Pará

Hoje, tentei achar da matéria no site GLOBO-JN pra mostrar a vocês, mas não localizei (?!?)

Na matéria, que me deixou chocado, AGNELLI diz com todas as letras:

"...este invasores (referindo-se ao MST) das instalações da VALE são BANDIDOS..."

"...O que a VALE tem a ver com a reforma agrária ??? NADA !!! A vale não tem nada com esta questão...."

pois é... só pra re-capitular

O governo brasileiro tinha até pouco tempo o controle acionário sobre as decisões geopolíticas da CVRD. Sua participação era compensada pelo recebimento de polpudos dividendos, pela geração de emprego, pelo desenvolvimento de ações SOCIAIS, regionais e inclusive, de FOMENTO, SEM NO ENTANTO, de há anos, colocar qualquer dinheiro, pois a VALE quando vendida, já era a nossa maior empregadora, exportadora, mineradora e o principal, era superavitária, lucrativa e por vezes até nos serviu como garantia, afiançando nossos empréstimos internacionais

Quando vendida, estudos atestam que não foram incluídos diversos ativos, fato este inclusive contestado (não riam por favor) perante nossa preguiçosa "justiça", que deverá dar um parecer daqui há algumas décadas, se der. Dentre os bens negligenciados, reservas de Nióbio, Titânio, Dolomita, Fosfato, Calcário, Cassiterita, Estanho, Grafita, sub-avaliações nas reservas de potássio, cobre e ferro, parte de uma malha ferroviária e 2 portos

Verdade mesmo, até para um leigo, é constatar que NINGUÉM soube avaliar e calcular o trabalho de MILHARES de brasileiros, por anos a fio dedicados à construção da Vale, nem tão pouco de nossa benção em termos achado destes recursos em solo pátrio pra proveito do nosso povo em sucessivas gerações, que não se negariam a dar-lhe a vida em defesa. Ninguém soube calcular quanto valia a VALE, seus monopólios e seus 20 MILHÕES de hectares, ou suas participações em outras Cias como Alunorte, Albras, RTM, Aracruz, siderúrgicas etc. Na hora de privatizar ninguém soube pesar o seu peso, CHUTARAM à época R$ 10 bi (hoje +/- R$ 27,5 bi e na bolsa mais de R$ 100 bi) a ponto de FHC (o martelinho de outro) dizer que "o que Vale vendia quase nada valia, pois o ferro era o minério de maior abundância no planeta"

O VALOR pedido pela VALE se fundamentava em projeção com VOLUMES e preços sub-avaliados (as commodities alcançam o fundo do poço), c/critérios e prazos usados p/uma indústria, jamais pruma mineradora constituída, com minas, jazidas, RISCOS e pedras removidas. Mesmo assim, NÃO HAVIA NENHUM grupo nacional forte o suficiente pra comprar da mamata e deter o seu controle, à época o próprio vendedor (governo) trabalhou ativamente pra montar o seu cliente, capitaneado que foi pelo BRADESCO e PREVI

O entrega de controle da VALE se deu em 1997, c/a venda de 27% de suas ações, com ágio de 19% (abatidos no IR), por R$ 3,3 bilhões, algo como R$ 8,5 bi hoje em dia. Seu lucro, desde aquela época, em valores históricos (na 1a coluna) e depois corrigidos pelo IGPdi (na 2a), é dado a seguir R$ milhões
,
histórico corrigido

94 546 1.893
95 329 990
96 517 1.422

97 756 1.935
98 1.029 2.590
99 1.251 2.624
00 2.133 4.074
01 3.051 5.279
02 2.043 2.796
03 4.508 5.731
04 6.460 7.324
05 10.443 11.696
06 13.431 14.492
07 20.006 20.006

08 30.000 (projetado)

Pelos valores pagos à época e CORRIGIDOS pelo IGPdi (R$ 8,5), confrontado com o controle acionário da empresa (27%), o retorno da VALE se da em menos de 2 anos ...dois anos pruma mineradora CONTINENTAL

O governo da época alegou que sua venda ajudaria a pagar da divida pública, baixar do juros e diminuir os impostos. Após a privataria a divida interna líquida saiu de 30% e foi a 60% do PIB, o juros ainda deu picos de 25% REAIS no ano, e a carga tributária saltou de 26% para 36% do PIB

Muitos dos financiamentos, desde então, da CVRD, foram bancados com dinheiro vindo de entidades públicas (BNDES etc)

O BRASIL é um dos poucos países no mundo com SOBRA territorial (glebas ociosas) e que ainda não fez a sua reforma agrária, talvez esperando a invasão dos chineses ou sul-americanos

MILHARES de crianças e idosos esperam em nossas estradas por um local aonde se abrigar, alimentar e defecar em paz. Milhares de adultos esperam um dia poder sonhar

e aí eu volto a pergunta ao senhor Agnelli:

VOCÊ falou que a VALE não tem nada a ver com nossos dramas sociais, com a reforma agrária ? Eu poderia interpretar então, com nossas mazelas? Tem certeza?

Falou que o movimento do MST é de bandidos? Bandidos ?

Sr Agnelli, pelo valor pago pela VALE e pelo que foi apresentado, como brasileiro lhe pergunto; quem são mesmo os bandidos?

Rodrigo Constantino disse...

Anônimo (por que todo petralha é covarde????),

a resposta é: o MST e vcs, defensores desses criminosos.

Sobre a privatização da Vale, eis o artigo que mostra como vcs são imbecis:

http://rodrigoconstantino.blogspot.com/2006/10/profetas-do-passado.html

Rodrigo

Anônimo disse...

"Apenas um fato, entre vários, já justifica perante a justiça anular o processo de privatização:

O "sumiço" de 9,688 bilhões de toneladas em reservas de minério de ferro.

Em maio de 1995, a Vale informou oficialmente à Securities and Exchange Commission - SEC, órgão responsável pela fiscalização do mercado de ações norte-americano - que suas reservas de minério de ferro nas minas do Sistema Sul, todas localizadas em Minas Gerais, totalizavam 7,918 bilhões de toneladas.

No edital de venda da empresa (item 6.5.1), o Sistema Sul aparece com apenas 1,4 bilhão de toneladas, ou seja, 6,518 bilhões de toneladas a menos.

A Vale informou à SEC que as reservas minerais do complexo de Carajás, situado no Pará, eram de 4,970 bilhões de toneladas.

No edital, as reservas de Carajás foram estimadas em 1,8 bilhão de toneladas - 3,170 bilhões de toneladas a menos."

Rodrigo, ou você "recebe um por fora" para proteger essa gente, ou é burro(pois te assaltam e você nem percebe) ou é vagabundo mesmo!

Rodrigo Constantino disse...

Burro e vagabundo é vc, assim como os safados do MST, que vc defende no anonimato, por ser, além de burro e vagabundo, COVARDE.

E mais: quem recebe um por fora são os PETRALHAS, que lutam para manter o osso, as mamatas, os cargos, a safadeza.

Eu defendo a lógica, a liberdade.

E mais: o valor da Vale não seria tão diferente MESMO com mais reservas na época. Vc é ignorante DEMAIS para entender. Vc é um "profeta do passado". Poderia ter comprado ações da Vale COM DESCONTO em relação ao preço da privatização, não o fez, não ficou rico, e agora fica falando que ela foi entregue, repetindo chavões idiotas.

Entendo vc se manter no anonimato. Eu teria MUITA vergonha de mostrar a cara se fosse como vc...

Rodrigo

Rodrigo Constantino disse...

Mais uma coisa: deixei dessa vez, para mostrar como são os esquerdistas. Mas se xingar novamente, vou apagar. Não vou aceitar safados vagabundos como vc poluírem meu blog.

Marcello Castellani disse...

Eu acho que se vendessem tudo quanto é estatal deste país seria bom. Afinal, não teria como o governo encher tais empresas com apaniguados sindicalistas e mamadores oficiais. Iamos ter uma tremenda economia, seja com os roubos que não haveriam, assim como com os preços que acabariam caindo devido a competição.

C. Mouro disse...

Não resisto ao que diz tal traseirudo ...hehehe!

Ele escreve:
"Rodrigo, ou você "recebe um por fora" para proteger essa gente, ou é burro(pois te assaltam e você nem percebe) ou é vagabundo mesmo!"

Destaco o "pois te assaltam e você nem percebe"

Raios?!!? ...estará o pulha asnático insinuando que a VRD "é nossa" (dos brasileiros) ...hohoho! Este tipo para ser um perfeito asno só falta os chifres. ...hehehe!

Bem, eu como também "dono" de tais patrimônios nunca os pude vender, nem mesmo recebi algo das tais estatais (puleiro de parasitas e vagabundos exploradores do trabalho alheio).
Quero vender a minha parte da Petrobras (R$200,00 e acito proposta).

Porém, como a gasolina e outros produtos vendidos pela Petrobras custam para "seus donos" mais do que pagam os americanos, cujas empresas não são deles (são particulares), eu aceito doar a minha parte para qualquer um estrangeiro que vai me cobrar algo como metade do preço que a "minha Petrobrás" me cobra, mesmo que lá nos USA a renda dos pobres americanos seja umas dez vezes a renda do brasileiro "dono" de grande patrimônio ....hohoho!

Por mim a VRD deveria ter sido doada a qualquer um que pudesse faze-la uma empresa sem parasitas sugadores de recursos, esterilizadores de capital.


ALIÁS, como também "dono" do "patrimônio nacional", usufruido apenas por políticos, ou salafrários inúteis, por parsitas, militantes do Poder estatal, e vagabundos traseirudos ensandecidos pela inveja e pelo desgosto que sentem por suas personalidades desprezíveis, desde já faço doação de toda a "minha parte" em tal "patrimônio brasileiro" a qualquer estrangeiro ou conterrâneo que bote na rua toda a súcia militantes adoradores do grande deus-Estado, a quem cultuam rastejantemente e pedem, pedem e tudo pedem. Como se tal "deus" fosse mágico e cuja vontade fosse expressão da justica.

...hohoho! O Estado é o deus milagreiro destes traseirudos das cavernas. Cheios de superstições e repetidores de quaisquer asneiras que a mente perturbada ou esperta de seus líderes produzem. ...hohoho!

Estou doando publicamente a minha parte do "patrimônio nacional", somente usufruido por políticos e demais parasitas estatais, para qualquer porco capitalista sanguinário e malvadão. Pode ser estadunidense, inglês, jamponês, baiano ou etc.. Desde que seja um burguês que bote na rua os vagabundos bananeiros que vivem explorando os que investem, trabalham e produzem.

Rua para vagabundos imbecis que só conseguem viver do Poder e não do trabalho honesto.

Esses que vivem do Poder e não do trabalho se consumirão na inveja e no desprezo que sentem por si mesmos, pelo que são, e que nunca conseguirão esconder com o besteirol que repetem feito papagaios alucinados, tão desconsolados ficam diante do sucesso alheio, o sucesso de burgueses malvadões que até compram seus líderes como bananas na feira. Bananas caríssimas, é fato, mas ainda assim bananas venenosoas que invenenam a paz social e o proigresso.

...hehehe ...hohho!

Abraços
C. Mouro

leo disse...

"A virtude reside no meio"
Aristóteles

Rodrigo Constantino disse...

Uau, que sabio!!!!

Mas diga-nos, Leo: o meio entre QUAIS extremos??? Afinal, o meio pode ser qualquer ponto dependendo dos extremos escolhidos. Antes de falar em meio, precisa-se definir os extremos.

Por exemplo: ficou claro para mim que vc acha otimo ser meio burro e meio inteligente, meio safado e meio honesto. Nao eh mesmo?

Rodrigo

leo disse...

Não sei porque tais palavras me fazem lembrar do Olavo.

Já foi seu tutor?

Rodrigo Constantino disse...

Nao, Leo, eu nunca tive um tutor. Olavo eh alguem com quem concordo com certas ideias e discordo totalmente de outras.

mas vejo que vc nao vai responder ou argumentar. Veio apenas poluir e falar besteira, sem nem pensar no que escreve, nao eh mesmo?

Rodrigo

Augusto Araújo disse...

Ufa, cheguei, estava off line, e este assunto me interessa

Vejo q alguns q se põem contra o q o Constantino escreveu fazem as mesmas acusaçoes e clichês de décadas atrás, são fartos de desinformação

é dificil acabar com toda ela de uma vez, mas vou dar alguns subsidios

1 - Nao há latifundio improdutivo no Brasil. A nao ser as reservas florestais, as reservas indigenas, ou alguma forçaçao de barra do Incra pra desapropropriar uma area

2 - a produtividade dos assentamentos é ridicula

3 - um sem-terra hoje, é como um sem-fábrica, um sem-padaria, um sem-qualquer coisa; os verdadeiros sem-terra já forma assentados há muito tempo

4- existe as lideranças avidas por dinheiro q conduzem uma massa de manobra (pobres, subempregados e pequenos oportunistas)

5- a maior vitima é o erario publico, muitas fazendas sao vendidas (sao indenizadas) por até 3 vezes o preço, o lucro é rateado entre as partes

6- no passado o governo se interessou pea colonizaçao via terras devolutas, tipo um Homestead act brasileiro. meu bisavo mesmo, veio pro MS depois da guerra do paraguai, em 1890, era interese do país q se colonizasse uma área quase desocupada, hoje tem parente q tem fazenda e parente q nao tem nada.

Até ha pouco tempo atras acontecia o mesmo no Pará e Amazonia, NAO É GRILAGEM DE TERRAS, os q dizem isso nao conhecem os fatos

leo disse...

Não defendo a promiscuidade do Governo com o MST, nem as ações terroristas desse movimento e também abomino até a referência a uma Revolução Agrária.

O Brasil deveria copiar exemplos de países onde houve algo melhor do que o modelo de democratização da terra que se vê por aqui(Itália por exemplo).

A saída deve ser uma política de Estado e não as pressões de movimentos sociais(que as vezes escondem outras intenções reprováveis).Foi nesse sentido que falei lá em cima,Rodrigo.

Nem extremismo de um lado, no campo,nem na outra ponta, a intervenção governamental ideológica.

Leo

Augusto Araújo disse...

Olha a democratizaçao da terra já existe, os tais latifundios sao coisa do passado

as pessoas tinham q se informar melhor a respeito pra nao repetirem velhos cliches

aliás a Ford, a GM, a Toyota, nao sao latifundios automotivos? Porque nao fazem a "dmeocratizaçao" das fábricas de carros

vamos fazer isso com todos os setores; é muita viagem mesmo

leo disse...

Eu queria ver o cidadão daí de cima falar isso se fosse um POBRE LASCADO TOTALMENTE EXCLUÍDO.
.
Existe um tipo de míséria,que certamente vc não conhece,que só com interferência(A ATUAL,DO GOVERNO É INEFICIENTE)
.
Se vc fosse um "desgraçado" desses não estaria falando asneira

Augusto Araújo disse...

vamos lá Leo

diga qual asneira falei

onde os excluídos do mundo vão tenatr melhorar de vida? em países mais ou menos capitalistas?

é a interferencia estatal q leva as pessoas ao Japao, EUA, Australia, em busca de emprego e renda

ou preferem ir pras sociais-democratas q nem te deixam trabalhar

ou seria a melhor intenvençao estatal de Cuba e afins?

qual a melhor intervençao estatal vc considera ser?

C. Mouro disse...

Assim com espécimes esquerdiotus asnáticus adestradus com seu besteirol eu não consico resistir a tentação... ...hehehe!

Papagaio repete coisas sem ter noção do que está dizendo.
O socialismo além de produziar as "frias máquinas de matar" de que Che Guevara tanto gostava, também produz frias máquinas de repetir esquerdiotices. ...hehehe!

Estou quase em lágrimas tanto que me comovo com o palavreado piegas, apelativo e falacioso repetido como justificativa para o bestialógico esquerdista.
Defenndem o socialismo, o Poder absoluto para a classe governante que também querem que seja a unica proprietária, de tudo e de todos. ...hehehe! ah! esses cães viralatas ansiosos por donos que os criem, como viralatas que são. ...hehehe!

Enfim, reproduzo o que já escreveram:

"mas vejo que vc nao vai responder ou argumentar. Veio apenas poluir e falar besteira, sem nem pensar no que escreve, nao eh mesmo?"

...hehehe! esses viralatas que abanam o rabo e lambem as mãos das autoridades são mesmo umas frias maquinas de repetir as asneiras para que foram adestrados. ...hohoho!

Existem os pitburros raivosos mas os viralatinhas esprevitados também são divertidos. ...hehehe!

Abraços
C. Mouro

leo disse...

Se esse não for o Alter ego do Rodrigo...

leo disse...

Vamos lá Augusto

Serei bem objetivo

Responda-me:

O QUE DEVE SER FEITO HOJE,AGORA,NESSE MOMENTO COM OS MILHÕES DE MISERÁVEIS???

Fazer um sopão e depois detonar uma bomba atômica?

Não sou merda nenhuma de comunista,socialista,esqurdista e porcaria de vermelho nenhum,só acho que PRA HOJE,tem que ser o governo.CLARO QUE NÃO É O IDEAL,MAS O ILUSTRE TEM OUTRA IDÉIA??

PARA HOJE!!

QUAL A SOLUÇÃO MENOS RUIM???

Rodrigo pare de esconder-se nessa máscara chamada C.mouro

C. Mouro disse...

...Mas que objetividade ...hohoho!

De fato não entende nem o que diz, por isso acredita que não precisa entender o que os outros dizem. ...hehehe! Afinal, uma coisa compensa a outra, é ou não é? ...hehehe!

Já comprei mais uma caixa de lenços, tão comovido estou com esse humanista adorador do grande deus Estado, o provedor universal, não só de maná para os necessidados mas também a origem da verdade e da justiça. ...hohoho!

Ou seja, invoca-se os pobres ou o "milhões de miseráveis" para defender o Poder absoluto para a classe governante solucionar o COMOVENTE PROBLEMA ...A falácia do apelo a misericórdia. ...hehehe! ...Como se o governo resolvesse algo sendo, ele mesmo, a causa da miséria.

Ademais, o comovente socialista adorador do mágico deus-Estado todo poderoso, capaz de prover maná para os necessitados e verdade e justiça para os bons. ...hehehe! ...Retomo, ademais, o patético socialista aborrecente repetidor das bobagens desconhece que O MAIOR FABRICANTE DE MISERÁVEIS FOI E AINDA É O SOCIALISMO; são as idéias socialistas safadas e comoventes, que apelam para o argumento da misericórdia safadamente almejando JUSTIFICAR OS MEIOS PELOS FINS APREGOADOS - diga-se meios safados e falsos fins -, é exatamente estas idéias de salafrarios socialistas que têm espalhado a miséria pelos povos para que os "bondosos" e também comoventes e falaciosos líderes possam conquistar o luxo característico de TODOS os Estados.

Ou seja, safados comovem falaciosamente e doutrinam imbecis para repetirem papagaiosamente suas baboseiras falaciosas PARA ASSIM SE ABOLETAREM NO PODER e do Poder viverem nababescamente lançando populações na miséria. ...e os viralatas abanadores de bandeiras e rabos cumprem o que adestramento recebido ansiosos por um osso ou migalha das "otoridadis" ...hohoho! ...que ridículo!

Rex?

Abraços
C. Mouro

Augusto Araújo disse...

Tenho.

Qual foi a melhor coisa feita para os pobres até Juscelino?

=>A entrada de capital estrangeiro via multinacionais, gerando emprego e renda,milhares saíram da pobreza absoluta

No governo Castelo Branco
=> é mentira q o milagre economico só veio a partir de contraçao de dívidas.Ele a principio foi resultado do ajuste do caixa do governo, a partir das reformas de Campos e cia. O posterior estatismo da linha-dura pos a coisa a desandar

No FHC:
=>Vc sabe o q é inflaçao? Com certeza nao.
Vou te explicar. Os pobres pegavam o salario e tinham q correr para os supermercados antes q o dinheiro virasse pó. Com a estabilidade economica finalmente conseguiram consumir no crediário e poupar

e o q gerava a inflaçao? O governo com sua incrivel maquina de fazer dinheiro para...ajudar os pobres!

Ou seja nao espere nada alem do governo do q o controle do seu fluxo de caixa

acho q Campos disse q quem quisesse ajudar os pobres deveria alem de parar com a expansao monetaria (fabricar dinheiro e fazer inflaçao), permitir, ou facilitar o surgimento de empresas para aumentar a procura por mao de obra e assim aumentar os salarios, ou seja permitir a entrada de capitais, desburocratizar e desonerar a atividade produtiva

tem uma passagem no Manual q ele fala:

"A filtragem de numerosas experiencias de desenvolvimento, permitem-nps hoje detectar os tijolos do desenvolvimento sustentado: razoavel estabilidade de preços, competiçao na microeconomia, investimento na formaçao de capital humano e abertura internacional. As vigas do edificio sao o respeito a liberdade empresarial e ao direito de propriedade."

Aproveite, vc nao vai aprender isso na escola.

C. Mouro disse...

...hehehe! com um asnático aborrecente destes, e tal e qual todo aborrecente inseguro, quer se exibir um "salvador dos frascos e comprimidos", fantasiando-se um super heroi, tal qual ainda habitam os resquicios das estorinhas infantis na mente do pré adulto receoso do mundo que terá que enfrentar. ...hehehe!

Com um tipo dessses repetindo o baboseiras eu não resisto, tenho que me rir um pouco. ...hehehe!

Já estou satisfeito! pode continuar sem medo de ser feliz ...hehehe!

Abração
C. Mouro

C. Mouro disse...

Ôoopa!
...Grande Augusto, perfeito!

É preciso paciência mesmo. Pena que o pivete não conseguirá entender patavinas, pois já habituado a repetir bobagens inconclusas que aprende apenas a repetir.

Mas é preciso insistir didaticamente. Aliás o pobre pivete falou em didatica anteriormente ...hehehe! ele realmente "entende" que didática é passarem a ele umas frases fáceis de decorar. De modo que ele possa repeti-las e sentir-se um cara "antenado" e ligado nos "pobremas çossiais", para que sinta moralmente elevado ao se exibir um humanista preocupado unicamente com o bem dos miseráveis, provando isso ao se opor aos "ganaciosos". ...hehehe! coisa simples de entender.

Aliás, o socialismo até os cães de rua entendem:

Eu quero algo, outros possuem esse algo. Logo, para eu conseguir basta ter a força para tomar dos que têm.

Essa é a ideologia socialista. Neste caso, socialismo, é o estado a organização com Poder irresistível, de forma que tudo pode impor a população indefesa ante o aparato de força estatal.

Vai daí que a cachorrada, socialisas, querem que o estado tome(roube) de quem tem para quem não tem. É lógico que o estado cobrará uma gorda comissão para sua hierarquia. Mas a população é indefesa ante o estado - sobretudo depois de covardemente desarmada.

Enfim, o socialismo faz sucesso porque é simples, acessível até aos cães vadios. Logo, sendo cães, eles QUEREM UM DONO que os alimente, que cuide deles. Claro que os donos, desta forma, terão reconhecido seu "direito ao luxo" estatal.

Os cães abanam o rabo para seus donos mesmo quando ficam acorrentados no quintal.

Gostei dessa última, foi porreta.

...hehehe!

Abração
C. Mouro

Augusto Araújo disse...

Leo

só pra nao te deixar muito triste. Acredito q alguns programas podem minimizar a miséria. Mas o ideal é abandonar o Welfare State e realizar o Workfare State, foi o q os americanos fizeram

Ou seja é melhor investir em capacitaçao de mao de obra do q em simples assistencialismo. e isso governo e iniciativa privada podem fazer em parceria (nao sei a ótica liberal nessa questao)

o melhor programa social é o emprego, como disse Reagan

leo disse...

Para médio e longo prazo perfeito!

E HOJE? QUAL A SOLUÇÃO P OS QUE ESTÃO MORRENDO AGORA?

A iniciativa privada? ONG? QUEM?

Não defendo de forma alguma mamata permanente nas tetas do governo,mas emergencialmente só uma política pública.

Será que não consigo ser claro Augusto? ou vc tá se esquivando da resposta que quero?

QUAL A SOLUÇÃO P OS QUE ESTÃO MORRENDO DE FOME AGORA?
.
.
C.mouro, pare com esse latido de que sou socialista.Ao invés de rosnar deveria responder uma pergunta dessa, tão simples!

Um nome ideal p um vira-lata como vc seria PIABA (ou BALEIA?)

lEO

leo disse...

Augusto vi agora seu comentário anterior e concordo.

CAPACITAÇÃO+ASSISTENCIA depois:"vá pescar"

leo disse...

Digo capacitação mais assistencia por uma questão muito simples.

Vc já foi estudar com fome?

Augusto Araújo disse...

Leo, quem mais matou de fome até hoje foram os comunistas, naqueles paises (URSS, China) pasme mas ocorreu até canibalismo

já num capitalismo pleno, o problema é a obesidade...

quanto a esse aspecto q vc está falando, tem a caridade individual pura e simples, de Igrejas,entidades assistenciais, de bolsa-família (q começou no FHC), etc etc

convenhamos, nao é impossivel, mas deve haver fome sim no Brasil,principalmente em lares desestruturados

ps: nunca passei fome no sentido de impossibilidade de comer por falta de verba e nem conheço algum pobre trabalhador q tenha passado

Augusto Araújo disse...

estes dias procuraram na TV, foram passar o "pobrismo"

uma mulher sem emprego, com 3 filhos (o marido nao apareceu, devia ser desempregado)

nao tinha nada pra comer em casa

andou 6 quilometros, foi no fim da feira livre e...voltou pra casa com a cesta básica da semana

passa toda semana só com as sobras da feira, e toda semanba é assim

lógico q nao tem picanha, carne de primeira, etc, mas fome, fome mesmo, olha , acontece, nao eh impossivel com certeza, mas nao eh da forma q certas pessoas apregoam nao

C. Mouro disse...

...hehehe! Caramba! o pivete está preocupado com os famintos do tal de "capitalismo". Claro que não está tão preocupado com os famintos da Coréia do Norte, nem de Cuba e nem dos vários paises socialistas da Africa.
...Afinal, em todos estes o Estado, os donos da cachorrada, fazem suas politicas públicas e eliminam a liberdade dos malvados burgueses para atender os famintos SEMPRE FAMINTOS ...lógico!

Estou comovido com tanta bondade e faço repeteco para o grande humanista, heroico (...hohoho!):

...hehehe! com um pretenso espertex destes eu não resisto.

Tal qual a maioria aborrecente insegura, o pivete quer se exibir um "salvador dos frascos e comprimidos" ...hehehe! fantasiando-se como um super heroi de estorinhas, pois em sua mente, primaria, ainda habitam os resquicios das estorinhas infantis.
Assim, o pré-adulto receoso do mundo que terá que enfrentar se encanta com seu besteirol pegajoso cafetizando a alegada miséria alheia para envaidecer-se e mitigar o medo que sente da liberdade e da consequente responsabilidade dos adultos.

...daí se entrega a fantasias e fafarronices aborrecentes, de "grande alma" preocupada com o mundo, um pretenso salvador dos fracos e oprimidos ...hehehe!

...hahaha! que viagem este pivete faz. O grande heroi humanista de quatro patas. ...hehehe!

leo disse...

Que asco desse seu rabujo C. mouro,vá procurar um veterinário.
.
.
.
AUGUSTO DISSE:

"convenhamos, nao é impossivel, mas deve haver fome sim no Brasil,principalmente em lares desestruturados"

"ps: nunca passei fome no sentido de impossibilidade de comer por falta de verba e nem conheço algum pobre trabalhador q tenha passado"

"lógico q nao tem picanha, carne de primeira, etc, mas fome, fome mesmo, olha , acontece, nao eh impossivel com certeza, mas nao eh da forma q certas pessoas apregoam nao"

É AUGUSTO,FICA DIFÍCIL DEBATER ESSE ASSUNTO COM QUEM DESCONHECE ESSA TRISTE REALIDADE BRASILEIRA

ACHO QUE VC É BRASILEIRO SIM,MAS DEVE SER UM ERMITÃO QUE MORA NA DESABITADA ILHA DE ALCATRAZ(aquela mesmo dos exercícios de tiro da marinha)

UMA PESSOA QUE NEGA A FOME NO BRASIL(a fome silenciosa,que mata aos poucos por falta de nutrientes e também aquela que leva um pai ao suicídio por ver seus filhos chorando sem um pedaço velho de pão)NÃO TEM COMPETENCIA PRA FICAR TEORIZANDO ABSOLUTAMENTE NADA.

Quando saíres "da tua ilha" quem sabe...


P.S "só pra não te deixar muito trste" sugiro vá p alguns hospitais do interior do nordestão e veja o quadro que algumas crianças chegam.

APROVEITA E LEVA O RABUJENTO CONTIGO!

Leo

leo disse...

hehehe

C.mouro,não precisa procurar veterinário não,teu colega Augusto já é um(ver blog)

hehehehehehhe.......

Augusto Araújo disse...

Leo

Eu morei em Dourados tb, Enquanto os indiozinhos de lá morrem desnutridos os pais trocam a cesta básica do governo por cachaça

Sabe o q mais aconteceu depois do bolsa-familia? A troca de eletrodomésticos. Isto mesmo, com o dinheiro q sobrou da compra de alimentos os pobres começaram a trocar seus eletrodomésticos! Nao haviam os famélicos q apregoavam.

http://www.institutomillenium.org/index3.php?on=artigo&in=assunto&artigo_id=911

Uns padres chegaram a falar na tal "fome gorda" quando perceberam pobres obesos nas favelas

http://veja.abril.com.br/120105/tales_alvarenga.html

Quanto custa uma cesta básica para um familia de 3-4 pessoas? Em torno de 150 reais, comprar proteina animal é o q fica mais caro (mais uns 50 a 70 reais). Ou seja, quem tem emprego (minimo de 415 reais, fora as horas extra ferais e 13) nao passa fome.

O Brasil desperdiça muita comida camarada. Monte uma empresa para suprir essa demanda.

Nao falei q nao há fome. Ela se faz presente em lares desestruturados e nos excluidos sociais, esses precisam de capacitaçao e responsabilidade propria

e o q fazem os nordestinos q vc fala? Moram no agreste? plantam na caatinga? Vitimas da seca e das enchentes, vá lá,

"Cifras exageradas sobre famintos não são algarismos neutros. São usadas para fins políticos, como os discursos da campanha presidencial de Lula, bem como para a produção de programas de governo que envolvem contratação de funcionários, gasto de dinheiro e desinformação da sociedade."

Nao estou em ilha camarada, convivo com trabalhadores há mais de 20 anos e reafirmo, nunca vi trabalhador com emprego q passe fome. Observe melhor, vc é um adolescente comovido pelas sinceras pregaçoes de entidades assistenciais. Com emprego e renda nao há fome.

Leo, tá bom, vá fazer seu dever de casa, trabalhe em alguma entidade assistencial e depois volte a falar comigo

e quando estiver comendo um bife ou um churrasco lembre-se de mim, tento produzir a carne mais eficiente e acessivel possivel

abs!

leo disse...

Mandarei um resgate...

abçs!

marcio disse...

O MST é uma coisa boa. Graças a ele e outra atrocidades como a reserva raposa do sol, o PT, depois deste governo Lulla, nunca mais chegará a presidência do Brasil novamente - eles têm tanta certeza disto que irão apelar para o 3º mandato. Ataques diretos a Vale do Rio Doce, ao agronegócio, inflação dos gêneros alimentícios em escala global para os usineiro ganharem dinheiro às custas de subsídios e dos trouxas que compram gambiarras à álcool. Parabéns PT, agora sim, vcs estão mexendo com as pessoas certas, os kichernes na Argentina estão percebendo isto agora e sentindo a reação (causa e efeito). Como dizia o mestre Roberto Campos, o progresso, o avanço é uma fatalidade, depois que a Colômbia, Peru e México alcançarem o desenvolvimento pela Alca irá cair por terra o último argumento defendidos pelos boçais esquerdistas de que somos pobres porque nos exploram.

Viva o capitalismo...

Lans disse...

Só um adendo;

O "mais que perfeito" esquerdista lá em cima - literalmente - mamou o seu comentário do site república vermelha:

http://republicavermelha.blogspot.com/2008/04/bandido-quem-eu.html

Como sempre, a canalharia só consegue defender seus pontos de vista utilizando esse artifício: copiar e colar o texto da intelectualidade orgânica do partido.

Daí o debate não sai da réplica...

Dayrell disse...

"ABRIL VERMELHO"

O grupo terrorista, auto-intitulado de MST, entrou em ação novamente. Foram invasões a propriedades privadas; em repartições públicas, bancos, hidrelétricas, bloqueio de rodovias e ferrovias, além de manifestações. Essas ações de terrorismo de esquerda travestido de manifestação popular por razões sociais, foram bem planejadas. Abrangeram nada menos que 15 Estados e no Distrito Federal !!!! Foram atingidos pela atividade terrorista os seguintes Estados da federação: Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo, Roraima, Pernambuco, Maranhão, Ceará, Sergipe, Paraíba, Pará, Rio de Janeiro, Piauí, e o DF.O chamado “ABRIL VERMELHO”, foi uma mobilização geral feita pelo grupo terrorista para relembrar o massacre de Carajás. Imagino que não tenham mobilizado todos seus membros, mas se o fizerem, mais estragos fariam. Cedo ou tarde, esse grupo e outros análogos, pegarão em armas, e ai a coisa vai ficar feia “Com-pa-nhe-iro”.Conversando com a minha noiva ela me contou uma pequena crônica do dia. Disse ela:

_ Só a vó e o vô mesmo! Deu no jornal hoje que os sem terra invadiram os postos de pedágio do Paraná. E eles voltavam para a praia, pela rodovia, de Curitiba para o litoral. E naquela confusão que eles (o MST) faziam, o pedágio ficou liberado para quem quisesse passar, daí eles não pagaram nada. Mas ao passar, a vó ficou com medo que eles pudessem implicar, e comprou um boné que os militantes (entenda-se terroristas), vendiam. Ela falou assim: "vai que a gente nao compra as coisas, daí eles implicam que dinheiro pro pedágio a gente tinha, então falei pro teu avô comprar um boné". Imagina se atacam os dois velhinhos, coitados?! É covardia, mas vai q fazem...”

Fico só imaginando a cena: Aqueles sem o que fazer com blusas e bandeiras vermelhas, enxadas, foices, e pás; gritando palavras de ordem, expulsando e sentando no lugar dos cobradores de pedágio, e vendendo souvenir. Mas também vem à minha mente um futuro não tão remoto, com eles armados até os dentes, abrindo fogo como traficantes, mas com objetivos políticos e não narco-financeiros.

A guerra é mais viva do que pensamos...

DELENDA MST !

http://bernardowdayrell.blogspot.com/

Anônimo disse...

Essas discussões são infrutíferas do ponto de vista objetivo. Não servem como instrumento de pressão política nem sequer adicionam conhecimento ao problema.

Num país cujo pensamento político é fertilizado (no sentido fecal do termo) pelo pensamento esquerdista-estatizante, qualquer pensamento contrário aos movimentos sociais patrocinados pelo governo será sempre desancado pelos candidatos a sanguessuga.

Posto isto, a solução para os problemas tem que partir de células basais da sociedade em cada atitude cotidiana. Cito como exemplos de civilidade jamais abastecer seu veículo com combustível da Petrobrás. Sempre compre gasolina estrangeira. Sonegue impostos o quanto puder, não permita que o produto de seu trabalho seja utilizado pelo MST, por Organizações Não-Governamentais fomentadas pelo Governo cujo interesse é parasitar a atividade produtiva. Boicote publicações de imprensa que recebam incentivo estatal como a revista Le Monde, Carta Capital e a inacreditável Caros Amigos.

Discrimine defensores do sistema econômico-parasitário, exponha-os ao ridículo e se possível lance mão de violência física. Se você possui uma propriedade produtiva e a mesma é invadida pelo MST, contrate matadores, elimine-os todos e enterre tudo lá mesmo para melhorar a fertilidade de seu solo.

Seja cidadão, mate um parasita.

FIXtheMAD disse...

Para o Leo

A Solução para o miserável faminto, que é menos danosa já existe, e chama-se Bolsa Família. Que uma idéia criada por um dos pensadores mais importantes da nossa época, Milton Freidman. Liberal no sentido puro, ele inventou esse conceito de imposto negativo, como uma solução menos ruim para ajudar os miseráveis. Menos ruim por que, sabia e alias ensinou toda uma geração de economistas, que a única real solução para a pobreza, é o indivíduo tornar-se produtivo. E usar o governo é um ruim.

Milton Friedman era um Liberal nos EUA, onde o governo sofria menos com a corrupção. O Liberalismo no Brasil não é apenas desejável, é algo quase óbvio.

Vai estudar, Leo. Sério mesmo cara. Observe QUAIS são os métodos de diminuir a pobreza de um povo.

Porque você esta obcecado com a finalidade, que é mitigar a pobreza e seus efeitos nefastos. E essa obsessão é típica dos jovens de esquerda, que ficam insistindo na FINALIDADE em que já existe consenso.

SIM! Amigo, TODOS queremos uma sociedade sem pobreza. A Discussão é o Método. E aqui não adianta você ficar constatando o óbvio, que existe pobreza no Brasil, oque importa é o método. E não tem jeito, amigo.

O Capitalismo é a melhor forma de espalhar riqueza, e de criá-la. Porque só dá para espalhar riqueza, se a criarmos, não tem mágica. Não existe almoço grátis. E se usar o governo pra espalhar riqueza, saiba: VOCE SERÁ ROUBADO!

Você mesmo admite que o governo é uma bosta. Por que DIABOS insiste em usá-lo para resolver os problemas de miséria?

Parece esses tecnocratas e ministros que aparecem dando entrevistas para a Globo News. Ficam lá repedindo como O GOVERNO CRIOU UM MONTE DE PROBLEMAS.

E em como será o próprio GOVERNO QUE VAI RESOLVER ESSES PROBLEMAS!

Lembre-se. Já existe o Bolsa Família. Se tem gente passando fome, a culpa não é da falta de opções para alívio vindas do Estado. O Problema já foi equacionado, a insistência nesse tema como se fosse a coisa mais premente na sociedade brasileira é pura demagogia política.

Quando vir alguém passando fome, Pergunte a esse alguém: CADE A GRANA DO BOLSA FAMÍLIA?

FIXtheMAD disse...

PS.: A Minha Liberdade individual ja foi detonada por causa dessa porra desse governo podre (E do outro também, porque o Social Democrata é, por pricipio, um estatista)

Por que DIABOS, ainda tenho que ficar sendo infernizado pelos argumentos do pobrismo?!?!?


NHÉ NHÉ NHÉ USEM O ESTADO PARA SALVER O JOÃOZINHO! NHÉ NHÈ


Táááá CARALHO! Ja Usamos!

Que SACO.

FIXtheMAD disse...

*MILTON FRIEDMAN é o certo. Sorry.

Anônimo disse...

Caro João Humberto Venturini:

Se observarmos na Natureza, os animais lutam entre si pela conquista de territórios de caça, expropriando outros de suas propriedades.

O ser-humano não poderia ser diferente dos demais animais sob pena de se ver extinto da face da terra há milhares de anos atrás.

O que se pode exigir de um ser-humano hoje é que dada a abundância de alimentos e conforto proporcionados pela civilização, o mesmo se atenha às regras para suprir suas demais necessidades que nada mais são do que necessidades do ego.

A civilização não previu em seu início que a caça e a vida selvagem eram tão necessárias para a felicidade do homem e que não bastava tornar a comida acessível a todos para que estes ficassem felizes.

Ainda havia o problema de nossos instintos animais que se não atendidos poderiam inutilizar-nos para a vida civilizada.

Daí, houve a necessidade da criação da cultura, ou seja, de valores, conceitos e práticas que, de certa forma, canalizassem a satisfação de nossos instintos selvagens para atividades cada vez mais compensadoras que, além de proporcionarem um meio de satisfação para nossos instintos selvagens, ainda seriam úteis na produção de mais melhorias para a civilização.

Portanto, é um contra-senso tentarmos justificar as ações presentes pelas ações passadas do homem mas, talvez, o que estamos presenciando no momento seja uma valorização extremada da barbárie e da selvageria, o que está colocando em xeque nossas próprias convicções sobre a nossa cultura ocidental.

O que se percebe é que nossa cultura não mais atende à satisfação de nossos instintos selvagens, provavelmente porque nos distanciamos demais deles e as coisas que fazemos não mais visam a satisfação do indivíduo e sim a satisfação de um conjunto de crenças que pouco sentido faz para as pessoas.

Devemos sim, resgatar o conhecimento milenar do que vem a ser um homem não só naquilo que pensamos ou imaginamos sobre ele mas também sobre aquilo que ele é na natureza, sob pena de cada vez mais pessoas aderirem à satisfação imediata de seus instintos selvagens.

Abraços.