terça-feira, junho 24, 2008

Havana, Cuba - 1930s

Quase 80 anos depois, vemos que Cuba conseguiu PIORAR MUITO!!!

Para quem acha que o progresso é inevitável e não depende da LIBERDADE, o caso cubano mostra claramente como um povo pode regredir tanto no tempo por conta de um sistema absurdo, o socialismo.

http://www.youtube.com/watch?v=fEMYLkpYxX8

11 comentários:

jonas disse...

Havana hoje, comparada a Havada de 1930, esta morta. Olha como a cidade era viva, ativa. Carros novos circulando, bondes, um comércio aquecido. Bares, restaurantes, lojas, comerciantes nas calçadas, pessoas indo de um lado a outro vivendo suas vidas livres..

Impressionante o que uma tirania socialista é capaz de fazer com um lugar.

Se um cubano hoje entrasse numa maquina do tempo, e voltasse para 1930, teria a impressão de ter ido para o futuro, e não para o passado!

Jonas disse...

Interessante um comentario postado la no youtube.

"There is nothing better than FREEDOM! Winston Churchill traveled to Cuba in 1895 and had fond memories of Cuba as a "Large, rich, beautiful island" he also stated: Socialism/Communism is a philosophy of failure, the creed of ignorance, and the gospel of envy, its inherent virtue is the equal sharing of misery. Well that's exactly what 50 years of Communism has accomplished in Cuba! MISERY! I enjoyed this video for what it is, a time capsule back to those days nothing more nothing less!"

Traduzindo...

"Não há nada melhor do que a LIBERDADE! Winston Churchill viajou para Cuba em 1895 e tinha muito boas recordações de Cuba como "uma grande, rica e bonita ilha" Ele também afirmou: Socialismo / comunismo é uma filosofia de fracasso, o credo da ignorância, e ao evangelho da inveja, a sua força inerente é igual a partilha da miséria. Ora isso é exatamente o que tem 50 anos de comunismo realizado em Cuba! MISERIA! "

bjordan disse...

os carros são os mesmos

C. Mouro disse...

Não há uma "igual partilha da miséria. Se considerarmos o todo. O fato é que a miséria é DISTRIBUIDA por toda a população que trabalha e produz - LITERALMENTE ESCRAVIZADA - e só, apenas, unicamente imposta a população. AFINAL, EM TODOS OS PAISES SOCIALSTAS AS CLASSES GOVERNANTES SÃO PRIVILEGIADAS PELO PODER COERCITIVO QUE EXERCEM.

Os governantes, altos funcionários e apaniguados vivem nababescamente. Pois que vivem do Poder e não do trabalho.
Não há igualdade em Cuba, nem na Coréia do Norte e nunca houve em nenhum pais socialista. Nestes existem apenas escravos, feitores e senhores. Assim são hierarquizadas as pessoas nos paises socialsitas onde há não só desigualdade material mas desigualdade perante a lei e mais onde for conveniente aos ocupantes do Poder; como uma quadrilha gigantesca dominando um pais ao controlar gags.

Essa estória de "igualdade na miséria" é falsa, as autoridades, os governantes (quadrilha) são vivem igual a população governada e explorada, em verdade literalmente escravizada pelos senhores da ideologia.
A população fica sob COERÇÃO CONTÍNUA (= escravidão, pois isso é o que a define)

Abs
C. Mouro

FIXtheMAD disse...

C. Mouro. Você precisa criar um Blogue, meu caro! Um leitor, pode ter certeza que teria. Pense nisso!

sol-moras-segabinaze disse...

A cidade era viva, pulsava. Um belo testemunho da diferença entre a liberdade e a escravidão.

C. Mouro disse...

Grato pela atenção, caro Fixthemad. Já pensei em criar um, mas já me escapa a vontade de escrever. Mal posto uns comentários escritos diretamente e sem muito cuidado.
Muitos dos aparentes defensores da liberdade não o são nem de longe. Apenas discordam pontualmente de ideias socialistas meramente por preferência subjetiva sem qualquer principio ou apreço pela coerência. Estes querem apenas um arbitrio com que concordem, no máximo discutem o volume do arbitrio e nunca sua essência.

São muito poucos os que efetivamente apreciam a liberdade e toda a responsabilidade que ela cobra. A maioria apenas deseja "senhores meia-bomba", mas ainda donos que os trate bem, que concordem com eles. Ou seja, a essência é semelhante.

No mais, eu serei um leitor seu, pis tenho apreciado extremamente suas argumentações bem construidas.

A defesa da liberdade é uma defesa ética antes de uma defesa técnica. Talvez um grande erro tenha sido insistir em defender id[éias liberais focando apenas a eficiência econômica, destacando a parte tecnica em total detrimento da parte moral.
Fosse a questão tecnica definidora, e o socialismo játeria desaparecido há muito tempo.
As idéias socialistas são ideologia pura navegando sobre embustes e jogosde palavras dos mais imbecis, meramente para simularem o pretexto para aceita-las. É impossível alguém mentalmente são acreditar nas bobagens marxistas e mesmo nas idéias socialistas. Ninguém crê mas deseja crer neste amontoado de "superstições tecnicas", profecias matematicóides, contradições aberrantes, falácias chinfrins e verborréia histerico-conspiracionistas.

...É mera manipulação ideológica. O socialismo e o marxismo são religiões, não se fundam senão no desejo de seus crentes manipulados em sua vaidade de parvos e recalcados por espertalhões oportunistas. É nissoque se apoia o socialismo. Só aniquilando essas bases psicológicas é que se obterá exito contra mais essa ideologia (todas são semelhantes, seguem uma fórmula onde apenas as variaveis usam letras diferentes, mas a mesma fórmula) que, tal qual todas, visa estabelecer o Poder absoluto de uma súcia governante sobre um rebanho governado e explorado.

Não com demonstração da realidade econômica, com a demonstração da verdade da teoria econômica liberal que se estabelecerá a liberdade. As baboseiras pretensamente economicas das idéias socialistas e marxistas são meramente um simulacro para servir de pretexto, mas elas falam mesmo é às emoções dos frustrados; elas mexem com a vaidade dos imbecis e por tal se impoem. Tecnicamente são pifias e moralmente são fraudulentas e falaciosas ...mas provocam desejos incontrolaveis nos inseguros e invejosos, desesperados ante a idéia de a liberdade expor a todos aquilo que julgam ser. Esse, para estes pulhas, é odefito da liberdade: eles não pderão culpar ninguem pelo próprio fracasso como indivíduos - não o fracasso econômico, mas o fracasso moral de suas personalidades que tentam mirarrem-se em fantasias, em fotografias falsas como se espelhos.

A politica é um fenomeno psicológico e não tecnico. Não conquista pelatécnica mas pela sedução.
Sun Tzu disse que a guerra baseia-se no engano, a estratégia é o engodo, é ludibriar para dominar. O enfrentamento franco, o confronto aberto, não é uma estratégia de guerra. A batalha ideal é aquela em que o inimigoé derrotado sem que se sofra baixas. E disso se pode aproximar fazendo com quie o inimigo lute contra si mesmo, dividindo-o e intrigando suas partes. ...Éexatamente isso que faz a política como estratégia do aparato estatal contra a população governada, dominada e explorada.

A tal de democracia só faz sucesso pelo apelo emocional ao parvo que se envaidece acreditando ser, com seu voto, o mandante. ...hehehe! Sentem-se importantes por escolherem entre os já previamente escolhidos. É o galanteio às massas que faz a democracia tão querida em todas as bocas. Cada um pensa estar enganado o outro com o galanteio democrático, enquanto ambiciona fazer da tal democracia a sua própria ditadura. ...hehehe! ..e assim todos enganam-se mutuamente ambicionando elegerem os ditadores que lhes apetecem ...como não poderia deixar de ser a democracia é mera eleição de ditadores que conchavam para fazer acordos majoritários entre si. Nada mais.

Ou seja, não se defende a liberdade, mas uma tal de democracia (uma bela palavra que encanta quem nada reflete sobre seu significado). Assim, a defesa da democracia (segundo cada gosto) fez com que nãose defendesse a liberdade. Como se democracia fosse liberdade, quando é apenas um processo para escolha tecnica que se corrompe transmutando-se em escolha moral, afundando tudo num caldo relativista ordinario onde o Poder determina o certo e o errado aniquilando completamente a idéia de honestidade, de acordo espontaneo e etc., enfim aniquilando a idéia de liberdade para substitui-la pela idéia da OBEDIÊNCIA aos soberanos como meio de atingir um fim prometido ou fantasiado: os fins então justificam os meios ...e nisso a lógica e arealidade nada mais valem. O justo e injusto dependerá apenas da conveniencia da maioria votante que supostamente faz prevalecer sua vonmtade.

A bondade destruiu a honestidade e a democracia destroi a liberdade.
Em verdade a unica coisa que presta na democracia, que a faz melhor, é estar implícito a liberdade de se divulgar idéias, sendo esta a única liberdade defendida pelademocracia e mesmo assim é limitada arbitrariamente em nome da democracia (é espantosos). Fora isso é apenas a ditadura dos eleitos dentre os "pré eleitos": liberdade para disputa poltica e nada mais.

É dureza mas é vero.
Se viável para a maioria escravizar a minoria - tirando-lhe os direitos naturais e impondo-lhe a continua coerção para que atenda a vontade alheia - se poderá ter eternamente uma democracia onde os escravos podem votar e sempre perder as eleições para seus senhores.
...A coisa não é muito diferente, só no fato de a minoria escravizar a maioria enganado a maioria ao manipular a vasta maioria estúpida, ignorante e corrupta.

"Em política não se aproveita da boa fŕ das pessoas, mas sim da má fé" ..é uma frase que não esqueço, dada sua veracidade.
E a outra é:

"Quem tem por habito usar a força para conseguir o que quer, tem por habito querer sempre mais."

Abração
C. Mouro

Anônimo disse...

Lol! Isso é um vídeo promocional de uma agência de turismo. É claro que eles não iam mostrar a parte pobre de Cuba. Se não houvesse pobreza em Cuba antes da revolução, ela não teria ocorrido, já que foi impulsionada pelas grande quantidade de miseráveis que ficavam de fora do paraíso turístico.

Você quer ver propaganda turística? Check it out.

http://br.youtube.com/watch?v=TGSWAZCGOWE

Dá a impressão de que o Brasil era muito melhor quando Getúlio vargas governava o país.

Veja bem, eu não apoio o regime de Cuba, acho extremista demais. Agora, querer usar uma propaganda turística para glorificar o capitalismo é medíocre demais.

Além do mais, a maior barreira ao desenvolvimento de Cuba foi o embargo imposto pelos EUA, que prejudicaria qualquer país capitalista ou socialista.

C. Mouro disse...

...hummmm

Claro que o anônimo concorda então que a tal assistência médica em Cuba, tão elogiada, é tambem mera propaganda de um governo interessado em falar - fazer propaganda - daquilo que não se estende ao todo. ..Certo, anônimo?

Afinal, os tais hospitais cubanos não possuem pacientes da população comum. São apenas para turistas e autoridades nacionais ou estrangeiras parceiras. Também, quando necessário, médicos gabaritados são "importados" de outros paises para tratar das autoridades ou para atender pacientes "especiais".

Quanto ao tal bloqueio, esquece o anônimo que Cuba tem negócios com o mundo inteiro. SEM CONTAR QUE RECEBIA MESADA DA FALECIDA URSS. Diga-se uma mesada vultuosa considerando-se a pouca população cubana.
Aliás, quanto a população cubana cresceu desde Fidel?

è sabido que quanto mais cresce mais são necessários investimentos em infraestrutura. Exigindo mais competencia e recursos por parte da administração pública.

De 1959 até a atualdade, o Brasil, por exemplo, quase triplicou sua população. ...e Cuba????

Bem, cuba lançou o socialismo do Fidel, mas os investimentos ainda são os mesmo de 50 anos atras. Pouco o governo fez em administração pública para a população. Ou seja, as autoridades se aboletaram em palácios e nas mansões roubadas da "burguesia", muitos apadrnhados também pegaram sua parte e apopulação escravizada apenas para a súcia governante viver nababescamente em absoluta desigualdade social ante o restante da população.

CUBA É, SEM DÚVIDA, JUNTO COM A CORÉIA DO NORTE E ALGUNS PAISES AFRICANOS OS EXEMPLOS DE MAIOR DESIGUALDADE SOCIAL JÁ EXISTENTE.

Há desigualdade material gigantesca entre a cúpula estatal e a população e também gigantesca diferença perante a leis (puf!) dos camaradas e a população de súditos.

Cuba é um museu do Feudalismo ...atenção! eu disse Feudalismo e não "Fidelismo" ...hehehe!

...Há classes hieraruizadas no dominio, seja o clero fomentador ideológico (mentores intelectuais disseminadores do catecismo socialista - doutrinação) e a nobreza burocrática safada, que exploram a população de servos ou súditos que trabalham e produzem para sustentar a corte socialista e seu cleromentor ideológico.

Ou seja, o que se tem sobre Cuba pós Fidel é mera propaganda, escondendo a parte pior e mostrando a horrorosa parte melhorbanhada em meias verdades e mentiras inteiras, como é comum a socialistas.

Assim, O ANÔNIMO DEVE CONCORDAR QUE AS ESTATÍSTCAS CUBANAS NÃO SÃO CONFIÁVEIS, AFINAL UM GOVERNO TOTALITÁRIO QUE SE INCUMBE DE FAZER PROPAGANDA DE UMA IDEOLOGIA SAFADA NÃO VAI FORNECER DADOS REAIS ....HEHEHE! ..Certo, caro anônimo que discorda de outro anônimo ou de si mesmo ...hehehe!

Se agencia de turismo interessadas mostram a parte ba, imagine se um governo responsável pela situação e interessado em fazer propaganda ideológica iria divulgar dados contra si e sua porca ideologia ...é ou não é anônimo? ...hehehe!
Certamente que acharás ridículo que alguém possa crer em dados fornecidos por ditaduras sociastas, né não? ...hehehe!

É, óbio a fraude da propaganda de uma ditadura que não permite que ninguém vá lá coferir e que domina tudo por todo lugar. Jamais permitiria dados verdadeiros sobre sua miséria ainda maior do que a que se tem conhecimento.

Fala a verdade, caro anônimo, o anõnimo que diz serem verdadeiras as estatisticas do governo cubano é um idiota. é ou não é? ...hohoho!

Abração
C. Mouro

Mauricio disse...

C. Mouro, você teria dois leitores.

Rodrigo, belo achado.

Marcel Selhorst disse...

Três leitores!