quinta-feira, janeiro 21, 2010

O Mistério da Feiurinha



Rodrigo Constantino

Tentei comprar hoje para minha filha e minha sobrinha ingressos para o filme “Xuxa em o Mistério de Feiurinha”, num dos mais badalados cinemas da Barra. Estava esgotado. Para hoje, e para amanhã também! Enquanto isso, o filme “Lula, o Filho do Brasil” parece um total fracasso de bilheteria, a despeito de toda a máquina de propaganda colocada a serviço da película “chapa-branca”. Pelo visto, o público quer saber sobre o mistério da princesa Feiurinha, interpretada por Sasha, a filha de Xuxa; mas não está tão interessado assim no “mistério” do Sapo Barbudo.

Até porque essa história já é bem conhecida: metalúrgico incompetente, ele descobre o filão da vida política, ajuda a fundar uma quadrilha sindicalista e se torna candidato à presidente, tentando inúmeras vezes até conseguir o objetivo, depois da ajuda de um marqueteiro que criou uma embalagem falsa de “paz e amor” para o Sapo. Sim, daria um bom filme, principalmente se o final fosse feliz, culminando na derrota humilhante da Mocréia, candidata escolhida pelo Sapo Barbudo nas eleições. Mas quem precisa da ficção quando basta acompanhar o noticiário todo dia e verificar a quantidade assustadora de mentiras que o dissimulado Sapo Barbudo e sua companheira Mocréia produzem? Esses atores são imbatíveis! Na arte da dissimulação, merecem o Oscar, sem dúvida.

Esse filme real, um misto de terror e comédia, não encontra concorrência à altura nas salas de cinema. Por isso o filme da Xuxa está esgotado, enquanto aquela peça patética de propaganda política permanece “micada”. Os produtores do filme falharam. Para atrair o público, a ficção deveria ser melhor que a realidade. Bastava fazer o ator principal morrer no final, que as salas de cinema ficariam abarrotadas de gente. Afinal, cinema deve ser a nossa “maior diversão”, a realização de um sonho – ainda que por poucas horas.

17 comentários:

fejuncor disse...

É para chorar de tanto rir....hhhuaaaaaaa

Antonio disse...

Acho quer criticar um governo é perfeitamente aceitável, mas façamos isso com o mínimo de respeito possível. Sapo barbudo ???? Metalúrgico incompetente ??? Quadrilha sindicalista??? Mocréia ??? Pegou pesado...

Rodrigo Constantino disse...

Antonio, quem pega pesado são esses safados no governo, tentando impor uma ditadura ao povo.

Por acaso falei mentira? Não se trata de uma QUADRILHA de sindicalistas, ladrões, oportunistas?

Eu não respeito o presidente, pois ele não MERECE respeito meu.

Menu del dia disse...

Calma, calma Constantino...assim você baixa o nível do debate e enfraquece essa notoriedade que tens entre seus leitores, sejam eles os simpáticos aos seus manuais como "coturno noturno", seja os mais desconfiados como eu...

Rogério PC disse...

Concordo com o Antonio. Criticar sim, mas mantendo o nível. Você só tem a perder usando termos desse tipo. Você pode fazer muito melhor.

Rogério PC disse...

Só para completar, o que considero ofensivo e que deve ser evitado são os termos "sapo barbudo" e "mocreia". Já "quadrilha sindicalista" é um fato, segundo a própria justiça e "metalúrgico incompetente" acho bem provável ser verdade. Afinal o Lula já se provou um excelente político, líder e estrategista e dificilmente alguém em bom em muitas coisas.

E antes que alguém ache que estou defendendo o Lula, lembro-lhes que tais características que eu atribuo a Lula não necessariamente são usadas para o bem, vide Hitler, que foi um excelente líder, tão bom que conseguiu convencer um país inteiro a embarcar na loucura do Segunda Guerra Mundial.

Sena disse...

O cinema pode ser procurado sempre para nosso deleite. a diferença está em que tipo de coisa deleita cada um.
há, ainda, os que não se importam com filas, para ter um lugar diante de uma perigosíssima fantasia( mesmo que tenha uma Zezé mota para disfarçar)Há os que nunca se conformaram com a derrota do Collor, que teria seu slogan parecido com o de otro político direito: "Ele rouba, mas é bonito..."Há, mesmo, muitos que preferem curvar-se diante da bela rainha, rica,loura,européia,que jamais correrá o risco de ser acusada de capitalizar a maternidade e a própria filha.
Não querem ver um filme, no qual a grandeza dos personagens,faz certos expectadores se sentirem pobres.
E tudo essa gente quer ver, menos pobreza.Coisas da alma...

Sena disse...

Só para lembrar: hoje,depois de estar universalmente consagrado, aquilo que o Presidente do brasil foi, quase nem importa. Importa, sim, o que ele significa, a despeito de rugidos e muxoxos.
E o que ele significa?
Simplesmente o presidente mais brilhante que já houve.Quiçá, pioneiro de uma linhagem.Não falo em família, mas em atitudes.
O Lula é modelo, lição e orgulho para o povo brasileiro.
É tarde demais para os românticos.Só lhes resta ir ver a Xuxa.

Carnivorous Flamingo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carnivorous Flamingo disse...

O Lula é modelo, lição e orgulho para o povo brasileiro.

Fale por você. Eu é que não quero usar ele como referência não...

aproveita aí e explica porque o filme de Lula não é o blockbuster que muitos acharam que ia ser...

ntsr disse...

'depois de estar universalmente consgrado'
É bom vc se atualizar antes de falar bobagem,o que anda acontecendo é justamente o contrário, a máscara dos petralhas caindo lá fora também.

"O lula é modelo para o povo brasileiro"
Infelizmente, nisso eu concordo com vc.O lula é tudo que o povo brasileiro quer ser,um vagabundo profissional.


Agora, fugindo do assunto:Krugman no país das maravilhas:
http://krugman-in-wonderland.blogspot.com/

CN disse...

Encontrei por acaso o seu post sobre reservas 100% e ouro e coloquei lá este comentário:

CN said...

Tenho debatido isso no Mises Institute, ver o meu post na Causa Liberal

http://blog.causaliberal.net/2010/01/o-debate-intra-austriaco-padrao-ouro.html

ntsr disse...

pro Sena: só mais uma coisa, irônico vc ter usado o collor como exemplo pq hoje o próprio collor é aliado do seu lindo, maravilhoso presidente tão diferente

fejuncor disse...

As pessoas ainda tem alguma vergonha cara, coisa que falta ao presidente-cumpanhêro. Filme desses em ano de eleição é propaganda acochambrada pelo rolo compressor do governo, e apesar de tudo o povão ainda quer uma democracia madura. O desconforto nas salas de projeção durante a exibição do trailler é quase palpável! Aliás, viram a peruca nova do Dilmão?

Allen Konstanz disse...

Respeito só para quem merece. Por que suavisar as coisas? Lula é um ladrão corrupto, Dilma é uma ex-terrorista, assaltante, mentora de assassinatos, que não se arrepende do passado! Quem é ladrão é ladrão, quem é feio é feio, quem é cretino é cretino.

ntsr disse...

tai a consagracao internacional:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2010/01/100121_economist_rc.shtml

einsteinnjr disse...

Concordo com o Menú del dia...
Para quem é uma pessoa bem racional como vc, essas argumentações de "Mocréia", "Sapo barbudo" e "Metalurgico Incompetente" lembra a sentimentalidade e as emoções de alguns Comunistas/Socialistas...
Só sabem falar com emoções sem se ater a um fluxo lógico das coisas...
Onde "Porco Capitalista" é o mínimo ouvido...