terça-feira, junho 29, 2010

Chávez para Dilma: eu sou você amanhã!



Chávez em 1998, Dilma em 2010... será que há muita diferença?

Agora que Dilma resolveu vestir a roupa que Palocci costurou para ela, afinando o discurso com a iniciativa privada, falando em redução de impostos (Lula com super-popularidade em 8 anos não fez, seu poste vai fazer agora?!), nada como ver esse vídeo de Chávez em 1998, tentando tranquilizar os empresários fazendo promessas que jamais iria cumprir...

11 comentários:

morais disse...

Sem dúvida, se não fosse mentirosa, não estaria onde está.

Anônimo disse...

Já acho ótimo que Chávez apoie Dilma!!
Gostaria que Fidel e Ahmadinejad Bin Laden e outros terrorista mais também viessem dar o seu apoio para Dilma/PT!

KARLÃO disse...

CHÁVEZ ESPETACULAR, COMBATE “DESINFORMAÇÃO

HUGO CHÁVEZ LANÇA CAMPANHA PARA COMBATER “DESINFORMAÇÃO” NA VENEZUELA DA EFE, EM CARACAS.

O governo venezuelano do presidente Hugo Chávez inaugurou nesta segunda-feira as primeiras “guerrilhas de comunicação”, cuja missão será combater a “desinformação” que, segundo o ponto de vista oficial, é promovida pelos meios de comunicação privados.

A ministra de Comunicação da Venezuela, Tania Díaz, dirigiu a ativação das operações acompanhada pelo ministro de Educação, Héctor Navarro, e da chefe administrativa do Distrito Federal de Caracas, Jaqueline Farías, que prestaram juramento hoje.

Díaz assinalou que a estratégia dos “guerrilheiros da comunicação” será baseada em “comunicar, mobilizar e organizar”.

A iniciativa é dirigida a estudantes e jovens e será realizada na internet, telefonia celular, murais, atividades artísticas e culturais e imprensa alternativa, como as rádios e televisões comunitárias.

“A batalha midiática deve ser libertada todos os dias. Temos que enfrentar o silêncio midiático”, disse Chávez ontem em seu programa “Alô Presidente!” referindo-se a essa “guerrilha”.

O silêncio mencionado por Chávez é o guardado pelos meios de comunicação privados venezuelanos, especialmente pela rádio e televisão, em 13 de abril de 2002, quando o povo e as forças leais ao governo abortaram o golpe de Estado realizado dois dias antes.

Naquela data, enquanto milhares de cidadãos tomavam as ruas e os paraquedistas resgatavam Chávez na ilha de La Orchila, os canais de televisão privados não transmitiam os acontecimentos políticos.

Embora ainda haja muitos pontos sem esclarecimentos sobre essa iniciativa, tudo parece indicar que as “guerrilhas” serão repletas de estudantes e jovens voluntários.

NO PRÓXIMO MANDATO DILMA VAI CUIDAR DISSO COM CARINHO

fidelito disse...

Olha porque não pega tuas coisas e vai viver na Venezuela com o seu idolo bufão em cima de você, eu lhe pago a passagem, que tal? Poderá viver no país com a "democracia" que vc considera ideal.

Só lhe peço uma coisinha em troca: leve junto a tal da marocas destrambelhada, a Hugo Chaves de saias, aquela Dilma Roussef, que também adora uma ditadura, guerrilha r cerceamento da imprensa.

samuel disse...

Rodrigo, a foto da ASQUEROSA aqui caiu bem....sempre quando ela aparece com a face verdadeira...

Geraldo Alves disse...

Não sensure o que é apenas opinião, moderador, penso que vocês da direita deveriam lavar a boca antes de tocar no mome de DILMA que será eleita presidente do Brasil, pois o projeto que ele representa é o mesmo do Presidente que tem MAIS DE 80% de APROVAÇÃPO popular. E mais, ela lutou a favor da democracia, deu SEU SANGUE, enquanto estes que voces defendem apoiavam a ditadura.

Rodrigo Constantino disse...

Geraldo, pode deixar que não vou "sensurar" nada aqui. Eu apenas filtro as baboseiras petralhas típicas que poluem os blogs. EM primeiro lugar, aprovação popular tinha Hitler também. Portanto, lave a boca antes de considerar que apenas o aplauso das massas basta para transformar uma safada numa santa. Em segundo lugar, Dilma jamais lutou pela democracia! Ela lutava era pelo comunismo, que odeia a democracia. Por fim, jamais defendi ditadura alguma, e defendo o capitalismo liberal, que infelizmente passou mais longe deste país do que Plutão da Terra.

fejuncor disse...

(...) ela deu seu sangue

----------

Cara, você achou o absorvente da Vilma onde?

Não me diga que foi no quarto da Norma Benguell de quem ela furtou a imagem para melhorar sua biografia? Se o eleitor do meu país não tem caráter para votar em gente de verdade mas sim em atores cuja vida é um embuste e uma farsa, melhor seria entregar de vez o poder ao Maluf ou ao Sarney - estes, pelo menos a gente sabe o que sangraram (os cofres públicos).

fejuncor disse...

E censura é com C.

Corruptocracia: Roubar é poder! disse...

Dilma é uma cria da corrupção, da baderna, do descuidismo. Foi peça importante na negociata que drenou 6 bilhões de reais do BNDES, na fusão das teles BrT e Oi - uma jogada em que a garantia dada ao BNDES foi o contrato social de uma holding de gaveta cujo capital não estava nem integralizado.

Dilma está pendurada na Petrobrás, empresa que drena sistematicamente recursos do povo, via doações do gabinete da presidência da República.

Dilma não pode dizer em alto e bom som o que, afinal, ela fez para se autoproclamar "lutadora pela democracia". Tudo indica que tenha feito baderna, embora haja relatos dando conta de que praticou crimes.

ntsr disse...
Este comentário foi removido pelo autor.