segunda-feira, junho 07, 2010

Cota na TV a cabo

Recebi da SKY o seguinte alerta:

Atualmente se discute na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 29/07. Este projeto, em seu capítulo V, apresenta propostas que, em nossa opinião, se aprovadas segundo sua redação atual irão impactar diretamente os assinantes de TV por assinatura de todo o país.

Entre as mudanças impostas estarão cotas de conteúdo nacional dentro dos atuais canais internacionais, além de cotas de novos canais nacionais dentro dos atuais pacotes comprados pelos clientes, independentemente de sua reconhecida relevância, seu interesse ou sua escolha.

Por meio da ANCINE - Agencia Nacional do Cinema - será definido o que é ou não “qualificado” para que a sua família assista. Não se trata aqui da programação da sua TV por assinatura que você acha que vale a pena ou não. Também poderá definir o que você deve assistir no horário nobre, já que as cotas vão interferir neste horário de maior audiência.

Que tal “House” às 16:00 ou “Two & a Half Men” à meia noite?

A SKY democraticamente discorda do texto atual do capítulo V deste projeto e entende que isto representa um ataque à sua liberdade de escolha.

Contratos existentes entre canais e operadores serão quebrados, assim como os contratos entre as operadoras como a SKY e todos os assinantes de TV paga do Brasil. O resultado: mensalidades mais caras com conteúdo gerenciado e controlado.

6 comentários:

Pleo-nasmo disse...

País democrático é isso... 1º mundo.

Anônimo disse...

É isso aí! Liberdade de escolha zero!

Anderson

Diego de Paula disse...

É a mesma idéia antidemocrática que encontramos no projeto de lei do “Cinema Nacional nas Escolas”.

É projétil no cérebro.

##

Anônimo disse...

Mais gente baixando da internet o que quiser assistir?

(quem puder e souber fazer isso, claro)

Anônimo disse...

Ditadura esquerdista velada, é isso que está sendo implantado aos poucos no Brasil.

Jacob Steinberg disse...

É o Estado (JORGE BITTAR -PT/RJ)impondo ao indivíduo a programação da tv q ele paga, muitas vezes p fugir da programação nacional, solapando seu direito de escolha...o PT tenta de todas as formas controlar as mídias (internet, jornais e tv paga)...é ou não é Gransci na prática.