sábado, agosto 08, 2009

Circo em Brasília: a culpa é sua!

Desabafo onde falo sobre a esquizofrenia de um povo que pede cada vez mais governo e depois reclama dos abusos de poder dos políticos safados. Cada povo tem o governo que merece! Brasília é um lixo, um circo, mas conta com o aval da maioria dos brasileiros. O povo troca princípios morais por interesses imediatos. A reeleição de Lula foi uma carta branca nas mãos dessa quadrilha.

-

Link para o vídeo no YouTube

15 comentários:

André Barros Leal disse...

obrigado por dizer o que todos os pensantes tem atravessado na garganta. Agora uma pergunta séria... quem seriam os politicos que se salvam?

Adamos Smithson disse...

Infelizmente, acho que em um país que adota o sistema eleitoral proporcional, como no Brasil, é impossível alguém não ter nenhuma responsabilidade sobre a corja que domina o Legislativo, a não ser que exista algum partido de "puros".

Mesmo os melhorezinhos, como o PSDB ou o DEM também têm suas partes podres. E nós ajudamos a eleger essa parte podre, mesmo votando nas partes não-podres.

A solução? Sei lá, se mudar pra Noruega :)

Adamos Smithson disse...

Até dá pra dizer que não somos responsáveis pelo Senado, já que pra lá a eleição é majoritária. Mas achar que a crise se resume ao senado não faz muito sentido.

Maristela Simonin disse...

Meu comentário não seguiu. Era apenas para dizer que gostei de seu desabafo no vídeo, Rodrigo. É também a forma como eu penso. Às vezes fico imaginando como é que um pai ou mãe de família que apoia Lulla e seus asseclas tem condição de ensinar moral a seus filhos. Ele é mesmo o dono do circo.

Augusto Araújo disse...

Pow o cara q colocou o nome de "Adamos Smithson" aludindo ao Adam Smith, colocou uma foto do Constantino provaelmente tirada de um "congelamento" de imagem do youtube

Constantino, desconfio que trata-se de um petralha que está com chacota, escrevendo coisas que sabe que são procedentes, mas colocando aquele nome e imagem para zuar

ps: não precisa aprovar este comentário

Augusto Araújo disse...

Ahn, agora que lembrei que os comentários estão liberados

MachLight disse...

A CULPA É REALMENTE MINHA.!!!

Adamos Smithson disse...

Já troquei a foto. E não sou petralha, seja lá o que isso signifique. Economicamente, Estou à direita do PSDB.

Mas como voto no PSDB e sei que não é um partido só de santos, sei que meus votos já devem ter ajudado a eleger deputados canalhas. Os seus não?

Georges disse...

Rodrigo, como desabafo, vai bem. Realmente o Lula foi reeleito com todos sabendo que ele estava totalmente comprometido com o que de pior se viu em termos de política nesse país. O bolsa esmola apesar de criticado por diversos motivos, ainda é o menos mal que o governo (FHC por sinal) poderia inventar. Afinal deixa na mão do povo a decisão de onde gastar os 200 reais da bolsa. Pior seria se ele resolvesse da comida, roupas e remédios. Pois certamente seriam comprados superfaturados, entregues para quem não precisa e ia ser uma grande fraude. O bolsa família pelo pouco que faz pode ser a unica coisa boa desse governo. Quanto ao povo, realmente temos um déficit educacional enorme e muito pouco preparo para o debate e o pensamento crítico dos professores públicos. Esse povo não consegue entender o que significa pagar pelo gás da Bolívia acima do preço contratado, pagar pela eletricidade do Paraguay acima do contratado. São atos de lesa pátria que não sei como não temos um MP vendo isso.
O que ocorre no Brasil é que a maioria pensa como os políticos, e se tivessem no poder fariam o mesmo, isso é, dariam emprego para parente, fariam tráfico de poder, levariam por fora. E continuam votando nesses caras pois além de se identificarem com essa moral corrupta, acreditam que quem sabe um dia eles também vão conseguir estar lá.

Everardo disse...

As manifestações indicam cada vez mais a indisfarçável trama para substituir o povo no processo legislativo. Ora, se o povo não serve para escolher governantes, fica claro que desejam por governantes que não somente discordam do povo, mas que não concordam com ele. E ainda dizem que o PT deseja uma ditadura, que é golpista...Putz!

Rodrigo Constantino disse...

Everardo, a ditadura da maioria é uma ditadura que pode ser muito totalitária. Vc defende isso?

Mais: vc sabe quais são as diferenças entre uma democracia direta e uma República, que preserva as liberdades individuais CONTRA a maioria?

Por fim: vc consegue entender que o povo, em geral, tem o governo que merece? Ou seja, Lula, Sarney, Collor, Renan, Jader Barbalho, é tudo PODRE, certo? E foram... eleitos!

Rodrigo

Everardo disse...

Rodrigo, a representação popular no Brasil é indireta. A democracia direta, dada a complexidade da sociedade, tornou-se impraticável. Mas a nossa constituição reservou instrumentos de participação popular direta, como o Plebiscito, a possibilidade de criação de leis por inciativa popular, etc.; ocorre é que plebiscito é hoje um termo amaldiçoado. Sugerir os mecanismos constitucionais de democracia direta para debelar uma crise institucional é chamar para sí acusações de anarquista e golpista, embora nada mais democrático do que isso.
Deixo de responsder sobre a diferença entre uma deocracia indireta e uma república por não haver entre os conceitos termos de comparação. Um é banana e o outro é laranja.

Lord disse...

2010 VEM AI, “ELEJA, NÃO REELEJA”, Vamos limpar o Congresso, aquele show de horrores, com CPIs terminando em pizza, deputados e senadores arrogantes, acobertando uns aos outros. Os atuais deputados e senadores sabem o que ali acorre, porem sao coniventes! Alguns criticam seus pares, mas falta coragem. Lamentável porque precisamos de HOMENS QUE MORALIZEM AQUELAS INSTITUIÇÕES. Caranovanocongresso.blogspot.com

Tibiriçá Ramaglio disse...

Pois é, Brasília se encontra em estado de circo.

Aprendiz disse...

A culpa, em primeiro lugar é da academia. Antes da imprensa, é a academia que tem blindado as críticas às esquerdas e tem tratado os não-socialistas como "inimigos do povo". Se o patrulhamento não tivesse tido êxito dentro dos universidades, não teria tido êxito em nenhum outro lugar.

No dia em que a maioria dos professores sentirem-se livres para dizer "o socialismo assassinou diretamente mais de 100 milhões de pessoas", os jornalistas serão livres para dizer "o pt é um partido de ladrões", pois terá morrido a suposta "superioridade moral" das esquerdas.

até mais