segunda-feira, novembro 08, 2010

Analfabetos votaram na Dilma



Rodrigo Constantino

Gostaria de deixar bem claro que abomino qualquer tipo de preconceito contra nordestinos. Os ataques que se espalharam pela internet merecem total repúdio dos liberais, defensores do indivíduo como um fim em si mesmo e, portanto, inimigos de qualquer forma de coletivismo. O problema não é o nordestino em si. O problema é cultural. O problema é a miséria e a ignorância. E isso não tem nada a ver com a origem geográfica.

Existem nordestinos esclarecidos, e existem paulistas e cariocas ignorantes. O fato que não pode ser negado por covardes vítimas da ditadura do "politicamente correto" é que, atualmente, o nordeste concentra muito mais gente, em termos relativos, que padece de má formação educacional e baixa renda. Os caudilhos populistas fazem a festa por lá justamente por conta desta característica lamentável. Não interessa oferecer boa educação quando promessas demagógicas e esmolas podem comprar milhões de votos.

O clã Sarney, por exemplo, concentra poder há décadas, enquanto Maranhão é um dos estados mais miseráveis do país. Esta tem sido a regra na região, infelizmente. Os coronéis nordestinos abusam faz tempo do povo pobre e ignorante. E tais caciques estavam todos com o PT de Dilma!

O PT aproveitou justamente esta realidade e explorou a ignorância e a miséria para conquistar eleitores. O gráfico mostra claramente a enorme correlação entre analfabetismo e voto na Dilma. No Rio, aconteceu a mesma coisa. Os bairros mais pobres e com menor escolaridade foram os grandes bolsões de voto no PT. A conclusão salta aos olhos: quanto mais pobre e ignorante for a pessoa, maior a probabilidade de ela ser uma eleitora de Dilma.

A não ser, claro, que se trate de um empresário ricaço que depende do BNDES e do CADE, do governo de forma geral, para preservar privilégios e espantar a livre concorrência. Neste caso, é bem possível que o rico culto tenha votado no PT, em busca da simbiose entre Estado e grandes empresas, tão característica dos regimes fascistas.

Resumo: a miséria, a ignorância e a safadeza são os maiores aliados do PT.

23 comentários:

Laura Fiúza disse...

Não sei como comparar o Tiririca com o Paulo Maluf. Nem como situar o Ademar de Barros. Contudo, seria interessante que, no Nordeste, apenas no Nordeste, você fizesse um mapa de votação do PT e do PSDB. Você teria uma surpreza. Você verá que, nas capitais, nas regiôes mais bem posicionadas do ponto de vista sócio econômico, o PSDB não tem voto. Perde em todo lugar, é verdade, mas há lugares ond a derrota é ainda mais feia. Sugiro também que você analise um mapa do Brasil com manchas de maior ascenção social. Terá outra surpresa. Onde as pessoas tiveram a vida melhorada, Dilma venceu fácil. Veja de outro modo, Rodrigo.

dewes disse...

Desde quando o Serra ganhou no RS?

Pedro disse...

De fato, Laura, nós tivemos uma "surpreza". Você acaba de provar o ponto.

Anônimo disse...

Aqui em belém, O serra tbm ganhou. Observe no mapa que aqui no pará, belém é o lugar com menor analfabetismo.

É uma clara correlação, gente inteligente não se deixa enganar facilmente pelo desgoverno petista.

Fernando disse...

Olha, eu trabalhei na eleição em uma pequena cidade no interior de São Paulo. Minha seção era uma das mais antigas da cidade, concentrando pessoas mais velhas e oriundas principalmente da zona rural, a imensa maioria visivelmente muito pobre. E qual foi o resultado? Serra ganhou de lavada.

Eu não compro essa história de luta de classes, PT x PSDB = pobre x rico. Pra mim é uma rivalidade regional - muita gente no NE, inclusive esses de maior renda das capitais como citado acima, votam no PT por ressentimento em relação ao S/SE, identificado com o PSDB. É essa minha opinião.

AROLDO disse...

Porque esse Governo não consegue nem promover um ENEM decente?

Anônimo disse...

É curioso como caçoar de gaúchos é normal, mas caçoar de nordestinos é preconceito....

fejuncor disse...

Amigo, será que o Ministério Público também não vai querer me pegar? Alguém que vende a alma por 80 pila no final do mês quer respeito?

ju disse...

e o Lulla depois de dividir o país entre ricos e pobres , vem pedir união e paz

MARCO MAIA disse...

Você é muuuuuito educado. Fiz um post em meu site sobre o mesmo tema, com o título: Dilma Rousseff - a "Presidenta" dos analfabetos.

E vou além. A educação, no Brasil e no mundo, serve tão somente para a formação de mão-de-obra (literalmente escrava). Não se educa para a vida, mas para o trabalho.

Tentei até fazer um mestrado em educação aí no Brasil, mas desisti no meio do curso, tamanho o grau de inbecilidade dos professores.

Hoje estou em Londres e vejo que a imbecilização do ser humano se alastra pelo globo.

No Brasil, não vejo absolutamente nenhuma solução. Os nordestinos, os super-miseráveis, continuarão o sendo porque SÃO ELES A MASSA DE MANOBRA sempre utilizada para colocar o lixo no poder. Sempre foi e sempre será assim.

Mudanças? Meu "Deus", só se for de endereço!

Corruptocracia: Roubar é poder! disse...

O MEC tem um histórico excepcional de desserviços prestados à educação brasileira, AROLDO, que se encontra, como de costume, lá na rabeira nos rankings mundiais de educação. Empesteado de teorias revolucionarias e mirabolantes, cheio de lunáticos delirantes de formação totalitário-esquerdista, esses doutrinadores do pseudoconhecimento deixam de fazer o trivial - professor ensina e aluno aprende -, e se enrolam ainda mais com total INÉPcia em algo tão transcendental e complexo como o correto preenchimento de um reles gabarito. Que falta de gabarito!

Marcio Carneiro disse...

http://farm2.static.flickr.com/1251/5155786948_288bd16a8c_b.jpg

Mentir é feio viu.
E fabricar a realidade é pior ainda.

Bruno disse...

A maior derrota do lado Serra da história da eleição presidencial não é a derrota eleitoral. É a derrota moral que se tem após os resultados das urnas.

Divisão imaginária do país, caça e pessoas de diferentes regiões, bairrismos, representa o que sempre achei, esse tipo de pensamento peca por ser anti-social. O ranso, a xenofobia destilada acaba depondo contra o próprio pensamento liberal.

Por que? Porque assim fica muito fácil a desqualificação do pensamento liberal. É só dizer que essas pessoas são anti-sociedade. E todo o discuso então fica apenas para quatro paredes.

Marcelo Amorim disse...

Engraçado que, na época de FH, o PT dizia que a popularidade do presidente tucano no Nordeste era explicada pelo baixo grau de instrução da população nessa região e pela grande influência dos coronéis. Por outro lado, a baixa popularidade de FH em estados como o RS (onde FH nunca foi eleito e Lula venceu em 1989, 1994 e 1998) era explicada pelo alto grau de instrução da população (maior que a média brasileira) e porque o povo era mais "politizado". Agora, quando o mesmo fenômeno ocorre com o PT, a situação se inverte e não se pode mais relacionar grau de instrução com voto, pois isso seria racismo.
Ora, não é só no Brasil que a oposição é mais forte entre as pessoas mais instruídas. Ou vão dizer que um maior grau de instrução não permite uma melhor percepção da realidade política? Pessoas mais instruídas têm mais consciência de seus direitos. Se o sujeito é analfabeto funcional, não vai conseguir sequer entender o texto de uma lei.
Já vi petista dizendo que educação não é importante nesse caso, o que é importa é a tal "consciência política". Vá entender...
Antes, os gaúchos eram "politizados" e progressistas, agora são reacionários e preconceituosos hehehe.

ntsr disse...

Laura é um grande exemplo da mitomania petralha
Parece que esse povo pensa assim: quando a absurda maioria das evidências aponta para uma coisa, basta FALAR o contrário pra que isso seja verdade.
É o poder das 'palavras', devem ter aprendido com a marilena chauí

Morena Flor disse...

Rodrigo,

Veja bem, Dilma foi bem votada em praticamente todas as regiões, dentre as quais, o NE - em todos os estados, houveram locais aonde Dilma venceu e isto fez a diferença no final. Mesmo sem a "colaboração" do N e do NE, Dilma ainda sim seria a "campeã". Em todas as classes sociais e "intelectuais", conheci gente q votou em Dilma. Desde universitários a gente pobre. Os meios sociais nos quais convivo me dão razão a esta minha afirmação. Não é questão de ser pobre, rico, alfabetizado ou analfabeto, pq em todos estes, a maior parte das pessoas votou em Dilma, pelas mais diversas razões, desde votar pq acha q "tudo melhorou"(engodo da propaganda petista) até a bolsa família, passando pelo fato dela ser mulher, pq acha o Serra um "reaça" e etc, etc, etc e mais etc.

Sem contar q em Minas e Rio, Dilma ganhou, no Acre e Roraima, com alto índice de analfabetismo, segundo o mapa acima(pasmem!) Serra ganhou e no q tange aos governadores, no RS TARSO GENRO ganhou e em AL e SE, governadores "tucanos" ganharam as eleições(não lembro os nomes, desculpem). Então, não faz lá muito sentido esta correlação. O problema não é a alfabetização ou a falta dela. O buraco é mais embaixo, visto q até gente esclarecida pode fazer escolhas erradas na vida e no voto. A questão é mais moral mesmo, e pode estar relacionada a toda essa manipulação esquerdista q vem sendo sistematicamente prepetrada ao longo do tempo nas mentes dos brasileiros. Independente de classe social e de nível educacional(basta ver as universidades - q são(ou deveriam ser) o esteio do conhecimento - em TODO O PAÍS, infestadas pelas ideologias de esquerda).

Anônimo disse...

rodrigo, fiz um colagem parecida no meu facebook, mas o mapa eleitoral eu tenho por municipios, e qnt mais concentração de votos, mais escura a cor http://www.facebook.com/photo.php?fbid=166871660004589&set=a.107641059260983.12288.100000452670890

abs Rafael França

Yuri disse...

Não adianta dizer que a dilma só venceu porque ela se reuniu com os pobres, na verdade, não havia muita diferença entre ela e o Serra, ou entre o PT e o PMDB. O que o PT percebeu é que, para chegar à presidência, deve se se juntar aos grandes coronéis. Infelizmente, essa é a realidade do nosso país. Agora eu pergunto, se vocês e todas as pessoas que ridicularizam o Lula porque ele não tem formação, a Dilma porque foi "terrorista", por que vocês não entram na vida política e tentam fazer melhor do que eles?

Abs

Rodrigo Constantino disse...

Yuri, a via política é apenas uma das vias de batalha, e creio eu, secundária. O mais importante é mudar a mentalidade, a cultura, as idéias do povo, partindo dos formadores de opinião. Enquanto lucro for demonizado, empresário for satanizado, governo for endeusado e a ignorância for geral, os liberais não terão chance!

Yuri disse...

Rodrigo, primeiramente, você como economista deveria saber que correlação estatística não se traduz em causalidade. Outra, se o governo do PT teve como carro chefe a distribuição de renda, já era esperado que os beneficiados, ou seja, os mais pobres e com grau menor de escolaridade, votassem no mesmo. O que esse governo fez e vai fazer não é populismo, é transformação. Transformação para todos nós, inclusive para você, Sr. Rodrigo.

Rodrigo Constantino disse...

Yuri, transferência de renda só se for de quem trabalha duro e paga pesados impostos (classe média) para apaniguados do governo, empresários ricos aliados do rei, vagabundos do MST e miseráveis que vendem o voto em troca de esmolas.

Brasília é a maior renda per capita do país.

A transformação do PT é sempre para pior, na direção da Venezuela. O que melhorou foi fruto muito mais do cenário externo do que do governo. O que o governo fez de decente foi não mexer na macroeconomia, preservando as conquistas do governo anterior (FHC). Esta é a realidade ignorada pelos ignorantes...

Romullo disse...

Esse mapa e seu texto faz indução do leitor a uma análise errada do cenário político/sociológico. Me explique como pode São Paulo com cerca de 4,7% de analfabetismo dar 45,88% dos votos para Dilma então?O Amapá com apenas 2,8% de analfabetismo sagrou a bruxa com 62,54% ! Essa comparação de mapas é lamentável!!! Olha a bruxa foi perdeu de lavada em apenas dois estados? Acre e Roraima com 15,46 e 6,7% respectivamente em analfabetismo.Expolique isso usando o seu raciocinio no texto?Me explique porque contando com apenas os votos onde Serra perdeu Dilma se elegeria presidente ? Correlacione isso com analfabetismo?

Christiano Milfont disse...

Rodrigo, esse tipo de análise está equivocada.
NE não vota no PT com raras exceções, aqui quem manda é o PMDB e agora parte do PSB [que não deixa de ser controlado por ex-psdbista e ex-pmdebista].
Quem elegeu a Dilma foi MG, RS, RJ e SP, praticamente a maioria dos eleitores se concentram nessa região.
PT e Lula por exemplo são invenções da USP e da UFRS, nunca venceu de fato no NE, só depois que se aliou ao PMDB.