quinta-feira, fevereiro 04, 2010

O "altruísmo" do governo



Deu no Estadão:

"O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem que o Brasil continuará importando gás da Bolívia mesmo após atingir a autossuficiência na produção do combustível. A afirmação foi feita em cerimônia de inauguração do maior gasoduto brasileiro em capacidade, investimento, de R$ 2,54 bilhões, que vai garantir a chegada de até 40 milhões de metros cúbicos por dia aos principais mercados consumidores.

Segundo ele, o contrato com a Bolívia é uma forma de "ajudar" o país vizinho. "Eu acho que, dentro de algum tempo mais, a gente vai poder bater no peito e dizer: "Nós temos gás suficiente". E vamos continuar comprando da Bolívia, porque nós temos que ajudar a Bolívia, que é um país pobre. O papel de uma nação do tamanho do Brasil é ajudar os países menores do lado dele", disse o presidente."

Comentário: O presidente Lula transporta o marxismo para a relação entre nações. Os países mais ricos devem ajudar os países mais pobres. "De cada um de acordo com a capacidade, a cada um de acordo com a necessidade", eis o slogan dos marxistas. No fundo, seria o GOVERNO brasileiro ajudando o GOVERNO da Bolívia, e jogando a conta para os consumidores brasileiros. O presidente Lula adora praticar a "solidariedade" com o esforço alheio, de olho em seus interesses políticos. E ainda tem quem chame isso de "altruísmo"...

5 comentários:

hugofpontes disse...

Lula é um doente. E não há mais tratamento pra quem atinge esse nível de sem-vergonhice. A psicose esquerdista envergonha a raça humana. E só nos traz o que há de pior.

Gabriel disse...

Se o Brasil não tivesse os problemas que tem, até poderia pensar em considerar tal "ajuda"... Mas é ridícula essa postura do Lula, não é porque ele acha uma coisa que a sociedade brasileira tem que aceitar, quem é o Lula pra dizer, por mim, quem e como EU devo ajudar as pessoas. Eu gostaria de ajudar da MINHA forma pagando cursos e dando educação, mas não o faço porque este mesmo gorverno me come boa parte do meu salário. Além disso, usa os recursos pra gastos de folha salarial de funcionários públicos ineficientes e, com pouco que sobra, quer fazer doações mundo afora.... Está tudo errado.



PS: Estou horrorizado. Nunca, na história desse país, usou-se tanto todas as maneiras possíveis de um gorverno se valer da máquina pública para gerar votos.

Ludwig disse...

Que seria de nós se não houvesse esse extraordinário Deus terreno chamado Governo, que a partir do nada pode acabar com a escassez e trazer a abundância? Quanto mais o Governo age, mais perfeita a Sociedade fica. Vivemos num mundo Perfeito, sem máculas, pois o Deus Governo cuida de nós! A miséria e os variados problemas que se vêem pelo mundo afora - crises econômicas, corrupção, inflação, desemprego, ditaduras - são apenas ficção de alienados mal-intencionados, contaminados pela "ideologia burguesa". O Bem Comum reina soberano em nossos dias, principalmente no Haiti. Portanto, não precisamos nos preocupar...

ntsr disse...

Ensinar o pobre a comer na tua mão não é ajudar ele.Ensinar ele a andar com as próprias pernas, aí sim

fejuncor disse...

Não é compra de gás. É negócio de drogas e armas.