quarta-feira, fevereiro 03, 2010

I, Beer




Em homenagem a Leonard E.Reed, autor de "I, Pencil"

I, beer, simple though I appear to be, merit your wonder and awe. Millions take me for granted, yet not a single person on the face of the earth knows every process required to make me. Think of the complex web of people and the numberless skills that went into my creation. I, beer, am a complex collection of miracles: hops, barley, yeast, water, glass bottles, metal caps, printed labels, and so on. Contemplate all the tractors and sprinklers and fertilizers and other implements used in growing and harvesting the hops and barley. Think of all the persons and the countless skills that went into their production: the mining of ore, the making of steel and its refinement into blades and machine parts, the many miles of irrigation pipes and canals that bring water to the fields, and so on. But to these miracles an even more extraordinary miracle has been added: the configuration of creative human energies -- milions of know-hows spontaneously responding to human necessity and desire in the absence of any governmental or any other coercive masterminding. Indeed, the seemingly simple task of producing one beer such as I is so vastly complex that no one could plan it. If you can become aware of the miraculousness which I symbolize, you can help save the freedom humanity is so unhappily losing.

4 comentários:

a3m disse...

A Alemanha é conhecida pela qualidade da sua cerveja e lá tem a famosa "Lei da Pureza", uma enorme intervenção do governo.

Coelho disse...

a3m,

Não venha com bravatas.
Em primeiro lugar hoje ninguem na Alemanha é obrigado a seguir a "Lei da Pureza". Logo não intervenção do governo aí.

Em segundo lugar a própria "Lei da Pureza" é o clássico exemplo da complexidade do mercado onde o consumidor é quem manda.

A "Lei da Pureza" existe pq num processo de mais de um século (a lei foi promulgada em 1906) o comsumidor atribuiu mais valor as cervejas quem seguiam a uma padronização estebelicida.

Concluimos que hj a lei é seguida não porque um burocrata definiu que essa é melhor forma de se fazer uma boa cerveja. É justamente o contrário.

Abs,

coelho

ntsr disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ntsr disse...

O sonho dos burocratas é uma LEI que obrigue todo mundo a pensar que tudo tem que depender deles
a3m acabou de dar um exemplo, querendo levar o mérito por algo que nunca precisou de governo nenhum