sábado, julho 27, 2013

A marcha dos indecentes

Fonte: Folha

Rodrigo Constantino

Deu na FolhaParticipantes da Marcha das Vadias distribuem camisinhas e chocam peregrinos no Rio

A Marcha das Vadias que desfila na tarde sábado (27) na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, aproveitou a estrutura de grades montada para o papa Francisco chegar ao palco e fez uma passarela de provocações à Igreja Católica.

A postos para esperar o papa, os peregrinos debruçados nas grades se diziam chocados. Mulheres seminuas usando santas como objetos fálicos, distribuição farta de camisinhas, mulheres beijando mulheres e cartazes onde o rosário forma um pênis são algumas mostras do que os fiéis, mesmo sem querer, tiveram que assistir para não perder o lugar para ver o papa.

A advogada Maria da Glória Sabugo veio de Porto Alegre para ver o sumo pontífice e estava indignada. "É terrivelmente ofensivo, eles tem todos os dias para fazer isso, mas eu no fundo tenho pena deles", disse enquanto na sua frente dois homens se beijavam.

Duas mulheres, uma representando Cristo carregando a cruz e outra com roupa de Nossa Senhora, também chocavam por onde passavam. Elas traziam mensagens como "Até Nossa Senhora foi avisada". Nem o papa escapou no protesto: "A verdade é dura, o papa apoiou a ditadura".

A polícia também era provocada pelos cerca mil manifestantes. "Não acabou, tem que acabar, eu quero o fim da policia militar" e "Cabral, cadê o Amarildo", eram palavras de ordem cada vez que se avistava uma cabine policial.

O que dizer? Será que é mesmo preciso comentar isso? Só nos resta sentirmos pena dessas pessoas, que confundem liberdade de expressão com libertinagem em público e ofensa gratuita aos demais, pensam que estado laico é estado antirreligioso. 

Essas pessoas levantam bandeiras em nome da tolerância, mas se mostram as mais intolerantes de todas com os outros. Não conseguem respeitar nem mesmo as senhoras que desejam somente escutar uma mensagem de conforto do Papa Francisco. 

Querem chocar por chocar, e pensam que assim estão lutando pela liberdade, contra a opressão, a hipocrisia, o moralismo. Conseguem apenas mostrar como faz falta uma boa educação, que imponha limites, que ensine valores morais, decentes. 

Eis o resumo da ópera bufa: essa gente patética acha que marcha em nome da liberdade, mas marcha apenas em nome da indecência. 

38 comentários:

Alex disse...

Grupos assim, de "minorias" ou de "movimentos sociais", são marcadamente autoritários e intolerantes. Ao reduzirem o ser humano a uma única dimensão que o define como um tudo, são incapazes de enxergar, ou melhor, de aceitar diferenças. Como escrevi em meu blog também sobre isto, as Vadias descobriram agora que não são os pequenos déspotas que reinavam em seus lares e que há muita gente que não age como elas.

Anônimo disse...

Constantino, preciso te admitir que eu considero idiotas a maioria dos seus artigos, principalmente contra o bolsa-família, mas esse foi perfeito. Parabéns!
Fernando Campos

Anônimo disse...

Que saudade dos MILITARES. Se fosse naquela época, estas vagabundas já estariam apodrecendo em uma prisão.

Anônimo disse...

Parece que as Vadias deram um tiro no pé. Basta olhar na página delas no Facebook que ninguém gostou da manifestação, em um momento em que a Igreja Católica está bem na Mídia. Pegou mal e perderam apoio! Bem feito!

Fanny Barbosa disse...

Parabéns resumiu o que estou pensando sobre essas pessoas.

Anônimo disse...

Porque aqui no Brasil as manifestantes da Marcha não mostram o rosto? A Constituição do Brasil não permite o anonimato, apesar de permitir liberdade de expressão!! Sejam mulheres e mostrem a cara!! Não têm coragem?

habacuque disse...

bom isso nao tem oq se comentar se elas estavam lutando por algo ali eu nao consigo entender oq era pois eu nao quero um dia sair com meu filho na rua e passar por dois homens ou duas mulheres fazendo uma coisa dessas .se eles sao ateus nada eu posso fazer mas eles tem no minino q me respeitar e respeitar os proximos estou vendo como ficarà o brasil em 2030 espero nao ter de ver oq ainda eles estao querendo fazer

Anônimo disse...

São tão bobinhos que imaginam que trazem alguma novidade para o mundo...todos transam desde sempre, mas nem todos tem tanto problemas com isso que necessitam se esfregar em público, exibir seus peitinhos e pintinhos e desrespeitar o espaço dos outros na rua...dá pena mesmo porque se trata mais de problema deles ligado a própria sexualidade que nosso.

Anônimo disse...

Caro Rodrigo,
Bufa é o que sai de sua boca (Ou seria de outro lugar?). Talvez sejam pensamentos que saiam mais rápidos que a navalha do Fígaro. Ao escrever, procure concatenar suas idéias; defendê-las de forma embasada. Seu argumento está pífio. Procure analisar com mais profundidade, citar fontes idôneas, de prestígio. Você disse "gente patética" tão gratuitamente como a folha em branco aceitou a tinta.
Procure sempre se informar por meios de informação alheios aos que está habituado. Procure dispor argumentos favoráveis e desfavoráveis; senão correremos o risco de termos mais opiniões discordantes e vazias.
Boa sorte no exercício!
Abraço, Caput

Marcel Giglio disse...

achei bacana q ngm foi apedrejado nem nda...
mas toda esse post fez mais publicidade do ato do que conscientização, ao meu ver.

Bruno Sampaio disse...

O engraçado é que,se forem estupradas, vão recorrer à...
Polícia!

Ramon Santos disse...

Você esquece de levar em consideração todas as pessoas que simplesmente queriam viver com seus hábitos e foram violentamente repreendidas por causa de uma falsa moral e intolerância católica.
Que há não muitos anos atrás essas mulheres sem educação eram despidas torturadas e mortas... Assim como quem simplesmente não acreditava nas tradições cristãs.
Que o casal gay que se beijava durante a entrevista da senhora não tem a liberdade de consagrar sua união porque a igreja não previu o livre arbítrio.

E o único absurdo de todo esse acontecimento é o fato de ter milhões de pessoas pagando pra ver um ser que despreza metade da humanidade (ou+) enquanto tinha mil lutando por direitos de milhões de pessoas reprimidas por suas necessidades fisiológicas...

Anônimo disse...

E não haverá ninguém com «bolas» para processar essa gente por violação de culto religioso?

Nivia Galvao disse...

É triste, querem respeito, mas não conseguem respeitar.

Anônimo disse...

Deram um tiro na própria pata!

Anônimo disse...

Concordo inteiramente.

Sara lopes disse...

Desculpe Rodrigo, mas sentir pena nao é o suficiente. Essas pessoas estão encurralando a sociedade. Suas palavras de ordem, as cenas chocantes sao uma tática para tirar a reação das pessoas. E desse jeito as coisas vão ficando cada dia em estado de maior degradação. E nãos que somos maioria, ficamos a merce dessa ditadura. A maioria da sociedade é crista, venera esses símbolos, reconhece como agressão as atitudes desses grupos, mas a forma barbara com que eles agem, e os gritos de Homofobia, preconceito e afins, nos vão fazendo de reféns. A sociedade brasileira precisa reagir a isso. Já estão pedindo agora em voz alta o que o PT viu possivel atraves dessas manifestações e dos confrontos , o fim da policia, que já esta também desarmada diante deles. Nos tiram a policia, o que nos restará? Pena, tenho da sociedade que sofre o bulling desses degenerados, e nao se defende, porque nao reconhece a forca que tem.

juliana fernandes disse...

Quê pouca vergonha é o fim dos tempo mesmo o povo não respeita ninguém e nem a si mesmo lamentável

RBC disse...

ficar em casa... na beira da praia do Leblon não vai mudar nada Rodrigo.

Anônimo disse...

Enquanto tu tá preocupado com o que uma mulher coloca na boca dela, os políticos estão roubando o teu dinheiro.

Essa mulher podemos ignorar, a boca é dela e ela coloca lá o que ela quiser. O que não podemos ignorar é a roubalheira nos poderes públicos. Vamos lutar pelo que vale de verdade gente.

Emerson Luís disse...

Os religiosos não fazem protestos contra a Marcha das Vadias e dos gays durante estes eventos para confrontar os seus participantes.

Essas pessoas só querem receber respeito, mas não querem respeitar. Não querem equidade, mas privilégios.

* * *

Paulo disse...

OUTRO TIPO DE INDECENCIA CONTRA O PAPA: TENTATIVA DE PASSAR NELE O "CONTO DO POBRISMO"!
O DRAGÃO TENTANDO ASSESTAR SEUS SUTIS GOLPES SOB OUTRAS APARENCIAS...
Os fariseus do PT amam os pobres ao estilo Cuba, Coreia do Norte e China: todos sob a canga e eles em cima os vergastando.
Naturalmente hipócritas, aproveitam-se de tudo e todos para cada vez mais se firmarem no poder - A MORAL-ÉTICA DELES É O OPORTUNISMO - daí o Vaticano rechaçou a ideia de se aliar aos planos "pobristas" do PT, aliás sob 1001 suspeitas de corrupção, idem de corruptor da juventude via drogas e outros...
Quebraram o focinho dessa vez mais; quereriam subir no combalido conceito popular às custas do Papa Francisco, ao contrario, o S Padre deu uma mensagem direta ao PT que apoia, mantém vínculos de amizade e cooperação com os narcotraficantes das FARCs, facilita o consumo de drogas e quer impor sua liberação, além de corrupto, acrescenta-se de corruptor de juventude.
Ao final, o S padre propô aos jovens refutarem as ideologias e partidos comunistas, elas que se autodenominam bandeiras de salvação do mundo.
O Vaticano tem se saído muito bem ao recusar o PT de cuidar dos pobres e de transformar sua vinda ao Brasil como de "Chefe de Estado" - ir a Brasilia ao final despedir-se da desacreditada presidente - pois daria uma força à vermelha Dilma-PT ambos prestes a se afundarem, falta pouco.
Um motivo a mais para os católicos repudiarem o PT e o abandonarem nas eleições de 2014!

Leandro Almeida disse...

Essa gente se faz de patética mais está ganhando a guerra nos meios de comunicação. O Site G1 resolveu abordar o "incidente" da seguinte maneira: 'MANIFESTANTES E PEREGRINOS TROCAM HOSTILIDADES". Ou seja, essa gente patética, que tem tantos amigos e simpatizantes nessa nossa maravilhosa imprensa livre, sabe que em nome da coerência ideológica, será tratada com condescendência sempre. O G1 fala em TROCA DE HOSTILIDADE, como se os católicos tivessem saído de casa com o intuito de agredir e hostilizar pessoas que professam uma moral diferente,.

Ora,meus caros, essa gente patética é criminosa: crime de atentado ao pudor e vilipêndio de objeto de culto. CADÊ O MINISTÉRIO PÚBLICO nessas horas? Cadê os artistas do selinho gay que hostilizaram o Feliciano pra se manifestar nessa hora?

Se fazem de patético para agredir. Chamá-los apenas de patético é trata algo grave com água e açucar!

Anônimo disse...

Na verdade as pessoas ainda não querem entender que a liberdade individual acaba quando interfere com a liberdade de outrem.
O que se pode esperar em um país que protege criminosos salvo comportamentos como os apontados?

Anônimo disse...

Uma pessoa que participa de um grupo denominado de vadias, não merece nenhum tipo de respeito, muito menos ser considerado, tem que ser tratado com desprezo e como tal como perfeita vadias.

Tálib (talib_moussallem@hotmail.com) disse...

Rodrigo.
O povo ainda não entendeu a diferença de um Estado laico e um Estado antirreligioso - manifestado na sua forma predileta mundo afora como o anticatolicismo.
Esta forma de agressão gratuita rebaixa quem as pratica.
Uma mulher que defende o aborto se agride. Se torna um mero objeto fazedor de filhos (e assassino quando assim desejar). A mulher que se orgulha de ter feito o papelão humilhante feito pelas mocinhas que desfilavam seminuas em Copacabana merece o apelido que dá nome à marcha.
São cenas dignas de pena pela falta de decência e de educação intrafamiliar que, certamente, jamais tiveram.

Mariana Pato disse...

Texto muito bem escrito. Atualmente, as pessoas em nome da liberdade de expressão, passam por cima de valores éticos, morais que são os valores que tornam possível a vida em sociedade. Parabéns pelas palavras sensatas e coerentes.

razumikhin disse...

Amigo, se o cidadão estiver sempre contra a instituição Igreja Católica - e não contra eventuais pecados de seus integrantes - pode conferir: o cara não vale muita coisa, não.

Angela Saavedra Pauxis disse...

Muito bem escrito.

Anônimo disse...

Numa sociedade ideal não haveria necessidade de "marcha dos indecentes", pois os peregrinos não se chocariam com homossexualismo, ou se revoltariam contra "profanidades"... Nem tampouco você neste blog sentiria necessidade de os chamar de patéticos.

Anônimo disse...

Jesuis! No Rio tem vadia pra cara...mba!

Anônimo disse...

É incrível como aqueles que mais aparentam ser contra a intolerância são os mais intolerantes, os que aparentemente criticam a pobreza são aqueles que no fundo gostariam de ver uma sociedade planificada na miséria. Parafraseando Jesus, há de ser dito que nem todos os que dizem "Senhor! Senhor!" entrarão no reino dos céus. Em suma, nem tudo o que reluz é ouro.

Luiz Henrique Costa disse...

Amigo, a Marcha das Vadias já estava marcada, antes das JMJ. Se você se informasse, saberia que ela acontece anualmente, em uma data específica. Por favor, informe-se antes de escrever.

Anônimo disse...

Eu me choco muito mais com pessoas que saem de todos os cantos do Brasil e alguns de outros continentes para ver alguém que aceita ser chamado de santíssimo. Mas respeito o direito deles.

E até onde acompanhei a marcha das vadias não estava desrespeitando os eventos religiosos. Só dividiam o mesmo espaço. Concordo que a forma que escolhem para expor suas ideias não seja a mais convencional, contudo acho melhor que uma sociedade omissa as liberdades individuais.

...

Estariam chocando por chocar se o aborto fosse legal no Brasil. E, como não é, fizeram bem de ir.

...

Eu como liberal acho os gastos públicos com a vinda do Papa muito mais indecentes que a marcha das vadias.

Alias, a marcha das vadias precisar de mais alguns séculos para atingir o nível de indecência da Igreja Católica.

...

"pensam que estado estado laico é estado antirreligioso."

Pelo que eu vi estavam protestando por um estado que seja laico de fato. Afinal, o Cristianismo, em especial na América Latina, sempre foi uma pedra no sapato da laicidade.


Anônimo disse...

Considerando fiéis de um Igreja que acoberta seus inúmeros sacerdotes pedófilos, acho que a marcha da vadia não deve ter chocado esses peregrinos.

Anônimo disse...

Agora, imagina a seguinte situação: pegue-se aquela bandeira com as cores do arco-íris e queime em praça pública!
Aí, estes estúpidos não vão gostar. É uma lógica da idade da pedra que move estes atrasados.
Quer outra?! Vá em local público e levante uma bandeira em defesa da heterosexualidade... também não vão gostar, mas insistem com esta estupidez gratuita.

Anônimo disse...

Foi isso que o FORO conseguiu “produzir” para implantar seu comunismo tupiniquim aqui ?? hahahahahahaha ! Lenin se revira no tumulo e chora ao ver no que seu adorado marxismo se transformou – um bando de pessoas grotescas e flácidas expondo cenas dignas de um péssimo pornô de 5ª. categoria! Oh my God ! Já dá para imaginar o “salvador” que nos mandarão, esses pobres comunistas de meia tigela.

Ferra Mula disse...

Teve um pastor que sumiu do mapa depois de ter chutado a imagem de Nossa Senhora Aparecida.

E as vadias usando uma imagem de Nossa /senhora da Paz insinuando sexo oral juntamente com um crucifixo.

Isto é crime tipificado.

QUEIMAR A CRUZ, símbolo do cristianismo, pode, não tem problema, é liberdade de Expressão; mas, se um cristão se sentir ofendido ele estará sendo intolerante e preconceituoso com os discípulos de Satanás

http://ferramula3.blogspot.com.br/2013/07/marcha-das-vadias-com-o-apoio-oficial.html