segunda-feira, dezembro 14, 2009

Berlusconi agredido



"Quem se curva aos opressores, mostra a bunda aos oprimidos".

Sou contra o uso de violência física mesmo contra o que há de mais podre na espécie humana: políticos safados (com o perdão pelo pleonasmo). Eis porque não vou celebrar a cena em destaque por todos os jornais do mundo hoje: o primeiro-ministro italiano Sílvio Berlusconi sendo alvo de um projétil que lhe quebrou dois dentes. Dito isso, há um tipo de "agressão" que defendo abertamente contra esses governantes fascistas como o próprio Berlusconi, Hugo Chávez, Evo Morales e "petralhas" de forma geral: a velha pressão social. Quando um tipo asqueroso desses entrar no restaurante, por exemplo, recuse-se a permanecer no local, alegando que não frequenta lugares que são frequentados por mafiosos. Quando cruzar com um safado desses pela rua, faça cara de total desprezo, para demonstrar que está diante da escória humana. Enfim, vamos tratar esses políticos como eles merecem: com nosso mais profundo desprezo e nojo! Não é educado nem adequado jogar uma mini-catedral em cima deles. Eles acabam posando de vítima assim.

PS: Mas que a boa "bengalada" de um velhinho na cara-de-pau de José Dirceu foi hilária, isso foi!

2 comentários:

Ludwig disse...

Eles são mesmo a escória humana!
É curioso: as pessoas idolatram o "Deus Estado", mas criticam os políticos. Esquizofrenia absoluta!
Cada político tem um Hitler dentro de si. A ganância por poder é insaciável!
Não adianta afastarmos os políticos; o que precisa ser feito é, simplesmente, reduzir ou acabar com o Estado.

fejuncor disse...

A polícia de Milão agora está com um pepino nas mãos. Se soltar o agressor, ele se instalará na embaixada brasileira e exigirá salvo conduto para o Brasil, na condição de refugiado político. Tarso e Lulla já estão preparados para recebê-lo.