terça-feira, julho 09, 2013

Herói da liberdade?

Rodrigo Constantino

Segundo o site G1, o legislador russo Alexei Pushkov divulgou em seu Twitter, antes de apagar a mensagem, que Snowden aceitou a oferta de asilo da Venezuela. Diz a matéria:


O presidente da comissão das Relações Exteriores da Duma (câmara baixa do Parlamento russo), Alexei Pushkov, disse nesta terça-feira (9) no Twitter que o americano Edward Snowden aceitou a oferta de asilo feito pelo governo daVenezuela."Como era esperado, Snowden aceitou a oferta do presidente (venezuelano Nicolás) Maduro sobre asilo político", disse. Pouco depois, o post foi apagado, segundo a agência Reuters.Simultaneamente, o porta-voz da Presidência russa, Mitry Peskov, evitou fazer qualquer comentário, e acrescentou que todas as perguntas deveriam ser feitas ao parlamentar.Depois, Pushkov explicou, também via Twitter, que havia sido informado da resposta positiva de Snowden à oferta venezuelana de asilo ao acompanhar informações da televisão estatal russa Vesti 24.
O Wikileaks já negou a informação. Mas sabemos que suas alternativas são buscar asilo em algum país com bem menos liberdade do que os EUA que ele denunciou. Assange, afinal, está sob os cuidados da embaixada do Equador até hoje, protegido por um governo bolivariano.

O que Snowden fez é motivo de muita controvérsia. Até que ponto é justificável trair seu governo para revelar algum abuso de poder do mesmo? Até que ponto é louvável divulgar informações sigilosas de seu empregador? Os fins justificam os meios? Enfim, o tema é complexo mesmo. 
Mas uma coisa eu sei: não dá para compartilhar da adoração que alguns libertários têm por gente como Snowden ou Julian Assange, do Wikileaks. Por que será que eles investem seus ataques mais ao governo americano do que qualquer outro governo? E por que será que eles buscam refúgio justamente sob os piores regimes autoritários e antiamericanos? 
Alguém em sã consciência diria que o governo americano é a grande ameaça à paz mundial, às liberdades individuais? Sim, o governo americano tem poder demais, e abusa dele. Merece ser vigiado, pois o preço da liberdade é a eterna vigilância. Não se pode cochilar, pois sempre há o risco de invasão de privacidade. 
Mas me parece um foco muito mal calibrado essa obsessão contra o governo americano, por gente que diz lutar em nome da liberdade, e logo depois corre para as saias de tiranetes que desrespeitam totalmente as mesmas liberdades. Tamanha incoerência desqualifica por completo esses "heróis". 

12 comentários:

Kim P. K. disse...

Ele não buscou asilo apenas nesses países rivais dos EUA, com regimes socialistas. O problema é que apenas esses países o aceitaram. Afinal, querem fazer "birra", oposição ao governo americano. Sua opinião me parece ser exatamente igual a de Reinaldo Azevedo. Veja este vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=tmxbE6dvef0

Hugo Baaten disse...

O Snowden é libertário, caso o senhor não saiba. Me decepcionou, Constantino. Mesmo o mais moderado dos liberais tem a obrigação moral de dar total apoio a ele.

Hugo disse...

O Snowden é libertário, caso o senhor não saiba. Me decepcionou, Constantino. Mesmo o mais moderado dos liberais tem a obrigação moral de dar total apoio a ele.

samuel disse...

Excluindo o julgamento moral, acho que às suas próprias expensas, ao fim, ele prestou um serviço à democracia… São essas tiradas fora do gráfico que fazem mudanças na história… A hipocrisia do governo dos democratas com OBAMA ultrapassou de longe o suportável para um cidadão conservador. O CARA QUE DELATOU O NIXXON NÃO É VISTO COMO TRAIDOR. Aposto que a História não fará essa injustiça a Snowden.

Anônimo disse...

Criticar o outro é fácil, difícil é se colocar no lugar da pessoa. Primeiro: ainda não sabemos se o que Snowden fez foi para atacar diretamente os EUA, ou foi apenas dizer um "basta" numa prática da qual ele (empregado) não concordava(obvio se há um verbo haverá um sujeito: nesse caso os EUA). Segundo: o cara está vivendo num "espaço" num aeroporto. Qual será a última vez que ele tomou um banho? Dormiu? Acaso Cuba, Equador, Venezuela ou até Argentina, ofereçam guarida. Ele deveria recusar? Precisamos de um mártir para chamar o cara de herói? Não precisamos de herói e talvez Snowden nem almeje isso.

Bruno Sampaio disse...

"Mas me parece um foco muito mal calibrado essa obsessão contra o governo americano, por gente que diz lutar em nome da liberdade, e logo depois corre para as saias de tiranetes que desrespeitam totalmente as mesmas liberdades. Tamanha incoerência desqualifica por completo esses "heróis".

Disse tudo!

Anônimo disse...

Rodrigo, vou tentar esboçar um pensamento conservador a respeito do caso.
O conservador sabe que nada e nem ninguém é perfeito, só Deus. Se não se pode recorrer aos amigos dos EUA o Snowden fica com pouca escolha. Estamos falando do governo mais poderoso do mundo. No lugar dele, em qual lugar tu se sentiria mais seguro? Darias bola para divergências filosóficas?
Outra, o que está ocorrendo nos EUA não é apenas a manutenção de um enorme poder, mas o enriquecimento ilícito desse próprio poder. Ao que tudo indica a própria elite econômica do país apoia esse movimento. Nesse caso, até mesmo um libertário tem motivos para se indignar. A república símbolo de liberdade e democracia ruíndo. É diferente da Rússia que nunca foi uma democracia. O conservador a princípio não se intromete na política interna de outras nações, no entanto e nesse caso de abuso tão latente que chega ao ponto de invadir a privacidade da nossa própria nação?
Se o Snowden é um traidor da pátria por denunciar a tirania do seu governo eu creio que não, é salvador da pátria. Mas se somos traidores por confiarmos mais em um governo tiránico estrangeiro pois desconfiamos de um inimigo interno que está defendendo a soberania nacional nesse momento? Creio que sim.
Temos que aprender a lição que tivemos com o povo brasileiro que foi às ruas. A esquerda está defendendo o interesse nacional? Juntamo-nos a ela e a abafemos.

Salvatti disse...

Quando a Google se agigantou no cenário virtual, eu avisei amigos sobre enviar dados sensíveis para a web. Fui chamado de paranóico.

Use redes sociais moderadamente e o governo não será essa ameaça toda.

Caso precise trocar algum material sigiloso, trabalhe com criptografia de chave pública (assimétrica) ou chave única (simétrica - se o outro lado for mais acessível).

Para navegação em anônimo, use Tor.

É assim que agências de notícias americanas na China, por exemplo, informam o mundo, superando o sistema de censura do partido comunista.

Agora, sobre o Snowden, esse ai fez uma bela de uma cag%$#! Não precisava jogar me&$@ no ventilador. Há ferramenta p/ tudo, como demonstrei.

Marcio Salvatti

Anônimo disse...

Esse maluco fez sim um grande serviço ao mundo, desmascarando ações inaceitáveis de quem defende as liberdades individuais.

Para ele agora não resta outra alternativa a não ser ir para um desses paisecos. Possivelmente ele se arrependa, mas eu o aplaudo.

Anônimo disse...

Rodrigo, que decepção. Explique aí como é que alguém que defende a liberdade NÃO teria a obrigação moral de denunciar o Prism.

Anônimo disse...

Rodrigo, concordo com você em quase tudo, mas acho que agora você pisou na bola

1 Não cabe comparar com o tal Assange. Mesmo partindo do princípio que qualquer instituição precisa de sigilo pra poder fazer suas atividades legítimas,(que é o que você argumentou pra condenar o Assange)e que o wikeleaks prejudica o governo nesse sentido, esse não é o caso do Snowden porque a atividade que ele denunciou NÃO é uma atividade legítima do governo.Ficar espionando as pessoas na internet e nos telefones é uma baixeza digna de 1984.

2 O governo americano alega que essas coisas são pra combatar o terrorismo. Balela. Procurem no google como eles tem vigiado o pessoal do Tea Party e os adversários políticos do Obama. A não ser que ser Tea Party tenha virado atividade terrorista agora, conhecendo o governo do Obama é bem provável.

3 Jogar a discussão pra Snowden isso, Snowden aquilo, é uma jogada do governo americano pra que ninguém fale muito sobre o PRISM, que é onde a coisa fica complicada pro companheiro obama. Infelizmente até muitos liberais cairam na armadilha, inclusive você.

ntsr.

Anônimo disse...

Ele não correu pro colo de tiranetes, ele pediu asilo em dezenas de países e infelizmente só os dos tiranetes ousaram ajudar o cara.Os outros, o resto do mundo livre, foi covarde.
Aliais, covarde e hipócrita, porque são os mesmos países que agora estão processando google, facebook, apple etc, pela mesma quebra de sigilo que o Snowden denunciou.

ntsr.