segunda-feira, outubro 11, 2010

O debate na Band



Rodrigo Constantino

Caiu a máscara da Dilma "paz e amor". Foi esta a impressão que deixou o debate da Band, o primeiro do segundo turno. Os petistas estão perdidos, sem rumo. Achavam que levariam já no primeiro turno, e tiveram que engolir a escolha do povo brasileiro. A primeira pesquisa, do DataFolha, mostrou uma aproximação entre ambos os candidatos. A perda de votos entre religiosos por conta da postura sobre aborto fez com que Dilma mostrasse suas duas caras, caindo em gritante contradição.

Neste contexto, abalada com os últimos fatos, a petista partiu para um ataque agressivo no debate, mostrando suas verdadeiras garras. Não soube sair das sinucas de bico, não respondeu sobre Erenice Guerra, tentou se vitimizar com a questão do aborto, mas restou apenas a imagem de uma pessoa destemperada e violenta. Finalmente, a verdadeira Dilma Rousseff vem à tona, para o público todo ver quem é esta ex-guerrilheira que lutava para implantar no país uma ditadura comunista.

E a tática já era esperada: tentar "acusar" os tucanos de defensores da privatização. Fizeram o mesmo com Alckmin em 2006, que caiu na armadilha. Serra mostrou-se mais preparado. É preciso ter a coragem de defender as privatizações que foram realizadas no governo FHC. O PT quer posar de defensor do patrimônio público, mas há uma gigantesca diferença entre uma empresa ser estatal e ser do "povo". O petróleo, na verdade, é deles, dos sindicalistas, dos políticos corruptos, e não do povo, que paga caro pelo combustível e não vê a cor do ouro negro.

Espero que Serra se prepare ainda mais para os próximos debates, especialmente o da Rede Globo, de maior audiência. E espero que as novas pesquisas, mostrando menor margem de ganho ainda para a petista, deixem Dilma mais desequilibrada e raivosa. Os eleitores têm direito de conhecer sua verdadeira face. E ela não é nada bonita.

18 comentários:

João disse...

Rodrigo, qual é sua posição sobre o aborto? Digo, até que estágio de evolução zigoto/feto considera que ele deva ser permitido?

Marcos Vinicius Gomes disse...

Os debates estão dando muito a desejar. Gostaria que as feministas se posicionassem sobre o aborto - percebo que a visão é apenas unilateral, tratam da questão da criança como se as mulheres gerassem filhos por partenogênese. Existe a questão do pai, que bem ou mal participou deste processo biológico-psiquico. E parece que as feministas estão com Dilma que está mesmo numa sinuca de bico.

Anônimo disse...

Acabei de ler que ela não irá a debates... Percebeu que pisou na bola, e ela é péssima falando de improviso.
Claudia nathan

Adalberto disse...

Meu Caro João Said,

Apesar da pergunta ter sido endereçada ao Rodrigo, estou tomando o direito de responde-la:

Em nenhuma momento deve ser permitido o aborto.

A partir da fecundação, há sinal de vida, portanto não deve ser interrompida.

Pedreliano Neto disse...

Gostei do Texto!! Acho e sempre achei, e vou continuar achando, que a candidata, não está preparada para Governar!! Essa do petróleo então!! Até desligo a tv quando comentam sobre essa auto sustentabilidade de mentira!!! Como eles possuem vergonha suficiente para publicar que o petróleo é nosso??? Detesto esta demagogia grosseira, e sem fundamento! 45!!!!

ntsr disse...

Tem vida até antes da fecundação, o óvulo é vivo, o espermatozóide é vivo, ele não se move por mágica.

(obs, não to defendendo nenhum lado, só mostrando como esse assunto é complexo)

Rodrigo Constantino disse...

A questão do aborto

http://rodrigoconstantino.blogspot.com/2007/04/questo-do-aborto.html

ntsr disse...

Esse blogger é muito tosco, n sei se minha mensagem anterior foi pq deu erro, então, resumindo:

Esse negócio do filho ser um pedaço do corpo da mãe, não sei qual é a grande diferença de um bebê que acabou de nascer pra ele mesmo há poucos dias antes.

Anônimo disse...

(Jorge Nogueira)

Os eleitores do Serra aqui neste blog repudiam o Lula, certo? Mas vão votar em um candidato que reivindica e quer ser o continuador da gestão do petista, vejam:

http://www.youtube.com/watch?v=2njMKxcIbqI&feature=channel

É o que dá fazer política com o fígado e não com a cabeça.

Anônimo disse...

na minha opinião NENHUM dos candidatos respondeu às perguntas que lhes foram feitas...sério mesmo.

bruni90 disse...

Nem precisou o Serra fazer nada,a DILMENTIRA se derruba sozinha.E sempre aparece um petralha prá falar besteira.Olha o odinho dilmanta.

Anônimo disse...

(Jorge Nogueira)

bruni90, se o "petralha" foi para mim, sinto te desapontar mas te informo que não votarei em nenhuma das duas candidaturas no segundo turno por entender que representam o mesmo projeto.

Talvez você sequer tenha se dado ao trabalho de abrir o link que indiquei que é de um programa eleitoral do Serra onde se cola no Lula.
Pelo menos sua intervenção confirmou o que disse anteriormente: que estão a fazer política com o fígado e não com a cabeça.

ntsr disse...

Serra não é grandes coisas, é só o menos ruim, essa historia de 'continuação do lula' é só coisa de um marketeiro imbecil, muita coisa que o pt morre querendo levar o crédito não foi começada pelo pt coisa nenhuma, inclusive o bolsa esmola que candidato nenhum tem as bolas pra atacar.

Anônimo disse...

Rodrigo,

Sua análise é muito boa. Seria interessante que essa argumentação que você levanta sobre privatização e o direito dos lucros da Petrobrás pelo povo brasileiro, através da aquisição de combustível em preço real, Como nos EUA, por exemplo, fossem colocadas pelo Serra, pois achei super rico o tema. A Dilma iria ficar com a cara no chão. Já que a Petrobrás é mesmo nossa e é uma empresa rentável, por que então a população não tem gasolina mais barata? Como nos EUA? É tudo balela mesmo!Mande essa idéia para o Serra s evocê tiver acesso a ele ou ao seu comitê urgente.

Corruptocracia: Roubar é poder! disse...

http://br.search.yahoo.com/search?p=youtube%20lula%20tenis%20burgues

fejuncor disse...

Dilma quer discutir valores… Então a taxa de sucesso vai aumentar.

ITAGUAÇÚ disse...

Governo Lula: $uperfaturar$ é o que interessa, o resto não tem pressa!

.............

Nomeado de Erenice nos Correios fecha contrato superfaturado em R$ 2,8 mi; Documentos mostram que direção da estatal manobrou para ressuscitar licitação que havia sido cancelada

O presidente dos Correios, David José de Matos, e a diretoria da estatal aprovaram um contrato superfaturado em R$ 2,8 milhões para favorecer uma empresa de carga aérea. Documentos obtidos pelo Estado mostram que a nova direção da estatal, nomeada pela então ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, manobrou para ressuscitar, em agosto, uma licitação que havia sido cancelada três meses antes pelo comando demitido da estatal.

Os documentos da presidência dos Correios e os registros dos pregões revelam o esforço da nova diretoria, que assumiu no dia 2 de agosto, para, duas semanas depois da posse, entregar à Total Linhas Aéreas um contrato de R$ 44,3 milhões.

A licitação foi concluída em meio à crise que derrubou Erenice da Casa Civil.

Teresa Aranha disse...

O PT se elebegeu sob a bandeira do fim do cilclo das Estatizações, mas depois de eleito não criou nenhuma comissão para investigá-las, nem propos nenhuma reestatização conforme prometia. Ao contrário seguiu privatizando...O governo Lula foi responsável pela privatização de cerca de 2,6 mil quilômetros de rodovias federais, que foram a leilão em 9 de outubro de 2007. Houve também a privatização de 720 quilômetros da Ferrovia Norte-Sul para a Vale do Rio Doce pelo valor de R$ 1,4 bilhão. Entre outras privatizações do governo Lula, estão a do Banco do Estado do Ceará, Banco do Estado do Maranhão, Hidrelétrica Santo Antônio, Hidrelétrica Jirau, Linha de transmissão Porto Velho (RO) – Araraquara. ENTÃO, ERA BRAVATA????