sexta-feira, outubro 08, 2010

Dissidente chinês conquista Nobel da Paz

Deu no Globo:

OSLO - Preso no ano passado por subversão, o dissidente chinês Liu Xiaobo ganhou nesta sexta-feira o Prêmio Nobel da Paz por sua luta pacífica pela democracia no país. O dissidente de 54 anos foi condenado a uma pena de prisão de 11 anos por ter escrito, em 2008, em conjunto com outros ativistas chineses, um manifesto pela liberdade de expressão e pela realização de eleições multipartidárias. O Ministério de Relações Exteriores da China classificou a premiação uma "obscenidade" e ameaçou retaliar a Noruega , onde fica o comitê responsável pela premiação.

[...]

Comento: Poxa vida, Lula, não foi desta vez! Mas não desista. Esse prêmio já foi dado para figuras bem bizarras, terroristas até! O presidente tem chance. Nesse ano foi para alguém que luta pela democracia. Mas ano que vem pode ir para um qualquer que tenha lutado pelo autoritarismo a vida toda. Um ex-presidente tupiniquim, colega dos piores ditadores do mundo, líder de um partido mafioso que sonha com o controle da imprensa, pode ter chances sim. Não desista!

6 comentários:

Pombo disse...

Ironicamente maravilhoso! Parabéns.

Anônimo disse...

ahahahahaaahhhhhh,,,,kkkkkkk...ótima!!ganhei a sexta...

Eduardo Castro disse...

Rodrigo, seus textos e vídeos são geniais. Você consegue traduzir com perfeição toda a minha revolta (e de outros cidadãos, é claro) com o cinismo do Lula e petralhas em geral.

fejuncor disse...

Acho que alguém levou um tapa de luva de pelica. Rsrsrsrsrsrs.

Corruptocracia: Roubar é poder! disse...

É praticamente "sem comentários", mas convém lembrar de um detalhe:

DEBOCHE

Em uma de suas festivas viagens a Cuba, coincidiu de Lula estar lá no exato momento em que Emiliano Zapata, preso político do regime de Fidel Castro, morria por greve de fome. A declaração do presidente do Brasil, naquela oportunidade, constui-se numa das maiores afrontas aos direitos humanos e à luta da humanidade em busca de desenvolvimento político, solidariedade, fraternidade e igualdade:

“Eu acho que greve de fome não pode ser utilizada como um pretexto dos Direitos Humanos para libertar pessoas. Imagine se todos os bandidos que estão presos em São Paulo entrarem em greve de fome e pedirem liberdade”
......................... .........................

Theresa disse...

O Lula quando escrever o "manual do perfeito idiota petista", terá alguma chance de ganhar o Nobel da Literatura