quarta-feira, outubro 13, 2010

Valeu, Ben!




Rodrigo Constantino


O preço da onça do ouro bate recorde atrás de recorde! Já vale US$ 1.370. Mais que o dobro de apenas três anos atrás. Enquanto cada banco central tenta inflar artificialmente suas respectivas economias imprimindo moeda de papel, o metal dourado é o grande beneficiado. Ninguém pode manipular sua oferta. Tenho escrito sistematicamente artigos no Valor a favor da "relíquia bárbara". O investimento é altamente especulativo e exige cautela. Já subiu demais, e pode estar entrando numa bolha. Mas com governos tão irresponsáveis e com o keynesianismo tão em voga, parece que a trajetória vai continuar por algum tempo ainda. Caveat emptor!

5 comentários:

José Gabriel Meurer disse...

Acho que tem muito ainda pra subir, se levarmos em conta que a impressora do FED não para nunca. Ainda assim cautela nunca é demais.

ntsr disse...

O hussein não para de falar que quer fazer outro 'plano de estímulo'

Marcos Satoru Kawanami disse...

lastro-ouro é uma ilusão. a partir de uma virtualidade convencionada as engrenagens do mundo material são regidas de maneira elegantemente artificiosa. há quem prefira aço inox a ouro, alumínio a ouro. mas é inrefutável que o papel-moeda foi imprescindível para a Civilização. daí as opiniões divergem: a Humanidade está feliz com a Civilização?

ntsr disse...

'lastro ouro é uma ilusão'... Crise vem, crise vai, e essa ilusão é a única coisa que continua sólida...

'a humanidade está feliz com a civilização?' A humanidade não sei, agora os esquerdinhas parece que sim, pq eles nunca largam tudo que passam a vida esculhambando e vão morar no meio dos índios, ou morar em cuba.

leonardo disse...

O artigo do Gary North sobre o discurso do Bernanke dia 04 de outubro é de arrepiar...

http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=804

Preparemo-nos para fortes emoções nestes proximos anos!!