segunda-feira, setembro 20, 2010

Cúmplice ou Incompetente?



RIO - A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, rebateu nesta segunda-feira as críticas de seu adversário José Serra (PSDB) que, no domingo, voltou a usar as denúncias de tráfico de influência e pagamentos de propina na Casa Civil para atacar a petista. Durante caminhada em São Paulo, o tucano questionou a capacidade administrativa de Dilma, dizendo que "ou ela não é capaz, ou é cúmplice".

- Nem uma coisa, nem outra. Sabe por quê? Não acredito que alguém saiba tudo o que está acontecendo na sua própria família. E também não acredito que alguém saiba tudo o que acontece no governo.

Comento: Não saber de tudo é uma coisa; não saber de um mega-esquema de corrupção bem no ambiente de trabalho, envolvendo sua mais próxima aliada, na própria "casa da mãe-Dilma" é outra bem diferente. Algo como uma colega de quarto, amiga muito próxima, que recebe clientes para prostituição no próprio quarto que divide com a amiga por anos, enquanto esta nega saber de alguma coisa. Os petralhas abusam da estupidez do povo! E o mais triste é que funciona...

12 comentários:

cavalo de borracho disse...

É que os petistas não roubam por desvios de conduta. É um método, o único que eles conhecem - e tem alguma competência para por em prática - para formar uma nova elite endinheirada para dar suporte ao petismo. Trabalhando, empreendendo (até porque odeiam isso) jamais conseguiriam, então só roubando mesmo, mas pode ter certeza que para eles o que fazem não é roubo, provavelmente chamam de “arregimentar forças”. Pense nisso.

ITAGUAÇÚ disse...

É para eu acreditar na urna eletrônica e no computador que "os ômi pogramaro". É piada?

Anônimo disse...

OFF:

Tão detodando a Dilma no debate sobre o NE.

Só assim pra ter 2 turno.

ITAGUAÇÚ disse...

Não tive aula de organização social e política. Meu professor é a televisão. E sou obrigado a votar. É piada?

ITAGUAÇÚ disse...

Não posso suspeitar de fraude e não posso conferir meu voto. Isso no pais mais corrupto do mundo. É piada?

ITAGUAÇÚ disse...

A honestidade da urna eletrônica é um fato, uma suposição ou uma ilusão?

i disse...

Sou obrigado a votar mas não me permitem confirmar se meu voto foi corretamente computado.?

cavalo de borracho disse...

Ex-ministra Erenice foi demitida por corrupção, mas mantém cargo na Eletrobrás e BNDES: 9 MIL REIAS POR MÊS!! A obrigação para receber 5.122,00 é ela comparecer EM APENAS UMA REUNIÃO A CADA 3 MESES NA CHESF! Enquanto isso nós aqui na praça dando milho aos pombos...


(***)

BRASÍLIA - Quatro dias depois de ter pedido demissão da Casa Civil, Erenice Guerra mantém cargos no conselho da Eletrobras, da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) e também no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) – órgão que está na raiz do esquema de lobby e tráfico de influência montado por Israel Guerra que motivou a queda da ex-ministra.
Com salário de R$ 5.122 mensais para participar de uma reunião a cada três meses, Erenice Guerra ocupa uma das onze vagas no Conselho de Administração do BNDES, sob indicação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, comandado por Miguel Jorge.
Dilma fazia parte do Conselho Fiscal do BNDES desde abril de 2008. No dia 13 de maio último, o Diário Oficial informou a exoneração de Erenice Guerra desta vaga e a nomeação, no mesmo dia, para um conselho mais importante dentro do banco, o de Administração. Substituiu ali vaga deixada pela presidenciável petista Dilma Rousseff. O decreto é assinado pelo presidente Lula.

Quinta da Canoa disse...

Claro que sim, amigo ITAGUAÇÚ.

O sistema da urna eletronica é tão seguro e confiavel que somente o Brasil adotou. E numa democracia como a nossa, com os recentes escandalos de quebra de sigilo, e propinoduto rolando solto, e onde todos confiam na transparencia das instituicoes publicas, voce não precisa temer nada.
Hahahahahahaha

fejuncor disse...

A urna eletrônica é extremamente falha, porém, como nós, brasileiros, queremos um sistema de votação rápido, não nos importamos com isso. Cito como exemplo as urnas de Alagoas. Em 2007, apos várias perícias, o TSE não conseguiu explicar o "desaparecimento" de 20 mil votos em urnas eletrônicas daquele Estado. Os americanos estão gradualmente banindo as urnas eletrõnicas de suas eleições. O TSE não permite que se façam testes com suas "intocáveis" urnas eletrônicas, pois isso seria danoso para a democracia brasileira. Muitos pesquisadores independentes tem se dedicado a esta assunto, entre eles o Prof. Walter Del Picchia, da Escola Politécnica da USP, o advogado Paulo Gustavo Sampaio Andrade, criador do Jus Navegandi, o jornalista Oswaldo Maneschy e o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Dr. Ilton Carlos Dellandréa, que foi Juiz Eleitoral em cidades desse Estado, sendo que todos não acreditam na lisura das eleições... embora sejam facilmente manipuláveis, eu prefiro as urnas eletrônicas pq tomam menos tempo da gente e eu gosto de ficar apertando botões ;P.

joão disse...

A ladroagem da Erenice mostra claramente a quadrilha de Dilma Roussef.

gil sergio disse...

A base de sustentação dos PETRALHAS está começando a perceber que estão sendo usados para a obtenção do projeto bolivariano dos "donos do Brasil"
Gil Sérgio Calado


Marcela Rocha
Direto de Jaboatão
Durante comício eleitoral na tarde desta segunda-feira (20) o candidato ao governo de Pernambuco pelo PMDB, Jarbas Vasconcelos, criticou o governo federal, em um discurso inflamado. "O Brasil vive as dificuldades de um país governado por um presidente que abusa de sua popularidade e que quer impor uma desconhecida aos eleitores", disse Jarbas.

O candidato também afirmou que Dilma não é uma candidata fantasma, mas "integrante de uma quadrilha", por ter colocado Erenice Guerra e seus familiares no governo.

Ainda em relação ao governo federal, o peemedebista atacou: "o Brasil está ficando pior que a Venezuela (...), o presidente da República faz o que quer, o que dá na sua cabeça".