quarta-feira, setembro 15, 2010

Lula tem retórica 'nazi-fascista'



Deu no Valor

O DEM reagiu em massa às declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que na terça-feira, em um comício na cidade de Joinville, em Santa Catarina, criticou a direita e defendeu a necessidade de extirpar o partido da política brasileira. Os demistas acusaram o presidente de déspota, o compararam ao ditador alemão Adolf Hitler e tentaram explorar o episódio de forma eleitoral ao pregar a necessidade de eleger o tucano José Serra presidente da República.

Em um evento promovido pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), o vice na chapa do candidato do PSDB ao governo paulista, Guilherme Afif Domingos (DEM), fez severas críticas à Lula e o PT ao comentar a quebra do sigilo fiscal pela Receita Federal de pessoas próximas ao presidenciável tucano. "Essa gente, se puder invadir sua casa, sua propriedade, nossa privacidade, eles invadem", afirmou Afif, conclamando a ACSP a votar em Serra.

Para o presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), Lula teve uma atitude desequilibrada e autoritária. "O caminho para extirpar o adversário é na linha da Alemanha nazista. O presidente age de forma autoritária ao invés de deixar o eleitor decidir. Ele teve coragem, numa forma absurda, de sugerir isso em um momento eleitoral", afirmou. Pai do deputado, o ex-prefeito do Rio e candidato ao Senado Cesar Maia (DEM) reagiu de forma similar ao comparar Lula com o ditador alemão Adolf Hitler. "Essa é uma expressão muito comum entre os nazistas contra os judeus - extirpar os judeus. Hitler dizia isso cada vez que ia ao palanque", ressaltou.

Em nota, o deputado federal Paulo Bornhausen (DEM-SC), líder do partido na Câmara dos Deputados, alinhou-se. Disse que o discurso do presidente era de "retórica nazi-fascista". Filho do presidente de honra do DEM, Jorge Bornhausen, o deputado disse que "para pronunciar o nome dos Bornhausen dentro de Santa Catarina, Lula tem que estar são e lavar a boca antes", diz a nota.

Rodrigo Maia, no entanto, disse que o partido não pretende ingressar com ações judiciais contra o presidente e faz oposição ao governo federal para assegurar o Estado Democrático de Direito e o combate à corrupção. "Temos certeza que esse é o caminho para a democracia. Pena que o presidente não ache isso. Veja do que é capaz um líder", declarou o deputado, acrescentando que Lula se aproveita da popularidade alta para "agredir e pisar" nos adversários. O deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) foi na mesma linha dos correligionários ao avaliar que as declarações do presidente revelam o nascimento de um déspota.

"Ele demonstra o viés antidemocrático do governo para o qual o Brasil está caminhando. Espero que a frase sirva de advertência ao povo de que esse é o caminho de um partido cínico", afirmou Aleluia. O deputado Ronaldo Caiado (DEM), por sua vez, recorreu ao Twitter. "Lula, PT e Dilma deviam se preocupar em extirpar mensaleiros, sanguessugas que, depois de saquearem o dinheiro público, continuam no governo".

Em um comício em Joinville, o presidente acusou a família Bornhausen de se apresentar como um lobo em pele de cordeiro com a candidatura de Raimundo Colombo (DEM) ao governo do Estado.

Colombo ultrapassou Angela Amin (PP), a segunda colocada, nas últimas pesquisas. A declaração de Lula tinha a intenção de impulsionar os votos da candidata petista Ideli Salvatti ao governo, que segue estacionada em terceiro lugar.

"Um presidente eleito democraticamente deveria defender a democracia. Foi uma declaração infeliz. Quem ouviu também não gostou e isso pode tirar votos dos candidatos apoiados pelo presidente", declarou Colombo, em nota. "Estamos muito contentes com as pesquisas que nos colocam em primeiro lugar. Sempre digo que pesquisa é a fotografia de um momento, e esses dois últimos levantamentos refletem isso", declarou também o candidato.

Paulo Bornhausen ainda afirmou que Lula "não tem moral" por ser é um "acobertador contumaz da corrupção e grassa em seu governo e no seu partido". Na nota, Bornhausen chama Dilma e Ideli Salvati, de "bonecas de ventríloquo". "O catarinense devolverá suas ofensas derrotando suas candidatas e bonecas de ventríloquo. O catarinense vai, mais uma vez, confirmar porque o nosso Estado é exemplo de desenvolvimento e qualidade de vida: porque aqui o PT nunca governou".

Comento: Precisa? É isso mesmo! O PT tem claras tendências fascistas! Até FHC saiu da toca para fazer uma analogia entre Lula e Mussolini. Quem vai segurar o populista demagogo autoritário? As leis não parecem ter força para isso. A popularidade alimenta sua ousadia. José Dirceu já celebra a vitória do "projeto" petista, leia-se, o golpe bolivariano. Onde vamos parar? ACORDA, Brasil!

8 comentários:

El Cabong disse...

A única, digo única forma de fazer o povão acordar.
Falar em liberdade de imprensa não vai dar em nada... isso é abstrato.
Tem que falar em bom português: "vão fechar a Globo e tirar sua novela do ar. Fizeram isso na Venezuela, tentam fazer isso na Argentina. E se derem maioria para o PT, farão isso no Brasil".

Collovini disse...

Rodrigo. Acho que não adianta esconder o óbvio: o PT já levou esta eleição. O dinheiro é invencível na compra de votos. Esse populacho brasileiro sem moral nenhuma NUNCA vai arriscar perder sua boquinha de bolsas-família, bolsa-universidade, bolsa-cachaça... e nós que pagamos milhares de reais por mês em impostos não temos chance nenhuma. Me mudei do RS para SC há dois anos justamente para fugir de um estado em franca decadência desde os tempos em que foi desgovernado pela esquerda mais tacanha do Brasil, o PT gaúcho. Da minha geração, meus colegas de faculdade, seguramente 50% não vive mais no RS, e possivelmente mais de 10% já largaram esta canoa furada chamada Brasil. Nas últimas eleições nem sequer tenho votado, pois não transferi meu título (e nem vou transferir), apenas justifico meu voto. Está chegando a hora de votar com os pés. Não teria coragem de criar meus filhos por aqui, não sei como você tem. Eu e minha esposa só não fugimos ainda por causa da família, pais ficando idosos etc. Mas ao que parece o Brasil vai conseguir nos expulsar. Abraço.

ntsr disse...

'Não teria coragem de criar meus filhos por aqui, não sei como você tem.' [2]

Anônimo disse...

Lula é um Mussolini com complexo de inferioridade! Alguém tem que contar pra ele que nunca chegara aos pés de FHC! Ele vai ficar para a Historia como o presidente da quadrilha!

Corruptocracia: Roubar é poder! disse...

E se Lula está a fim de “extirpar” essa terrível elite opressora de Santa Catarina, que mantém aquele povo na miséria, no analfabetismo e na desnutrição, que verbo ele vai usar quando for ao Maranhão e a Alagoas ?

fejuncor disse...

Sulista envergonha-se de Lula. Foi com muito pesar que o povo e a mídia criciumense assistiu este presidente sendo ovacionado por uma trupe de não mais que quinhentos meliantes vermelhos na “inauguração simbólica” da BR-101 trecho sul esta semana (há uma década em obras e longe, muito longe de estar pronta) ao mesmo tempo em que vaiavam nosso prefeito e empresário Clésio Salvaro, uma quase unanimidade na cidade.

Lembro que Lula disse, num comício em João Alfredo, Pernambuco, ao lado do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti, que o tal do Severino, que foi desmascarado num escândalo em que ele cobrava aluguel pela sala onde funcionava o restaurante da Câmara, havia sido perseguido por "empresários do Paraná e de são Paulo". Vale lembrar que Severino Calvancanti renunciou ao mandato por causa do caso chamado "mensalinho", além de nepotismo e o caso do restaurante.

Lula é um demagogo. Lula é uma vergonha para o Brasil.

Burocratoparasita da União disse...

O CONTO DO PAGAMENTO DA DÍVIDA EXTERNA

A dívida externa do país, continua lá. Intacta. Quase 300 bilhões. O PT quitou apenas US$ 5 bilhões devidos ao FMI. Mas antecipou uma parcela desse pagamento (e não precisava fazê-lo) quando o câmbio estava em depreciação. Tivesse pagado sua dívida no prazo certo, teria desembolsado bem menos reais em razão da queda do dólar. Quem foi o “neoliberal” que obrigou o Brasil a fazer essa besteira?

...........................


BRASIL DESABA PELA FALTA DE INVESTIMENTOS

O aumento vertiginoso da corrupção, o pavoroso assalto aos cofres do Tesouro, neste atual governo, causaram uma diminuição dos investimentos. Com menos investimentos, a manufatura e a tecnologia nacional perdeu competitividade. Como consequência, cairam as exportações de bens com maior valor agregado e o país voltou a ser predominantemente exportador de mercadorias primárias a granel - soja, ferro, açúcar. Os compradores deste granel pagam suas compras com bugigangas eletroeletrônicas, lixo cultural e capital financeiro para o brasileiro se distrair no consumo interno.

Além de ter redirecionado o Brasil para a extração, com aumento da degradação ambiental e o avanço sobre o que resta de áreas nativas, este governo inunda o país com o lixo que os compradores externos mandam para cá. Voltamos ao ciclo do pau-Brasil, da cana-de-açúcar, trocada por espelhos e bugigangas. Incrível.

A maior exportadora de produtos tecnológicos, EMBRAER, é responsável por 2,6% da receita externa. Ciência e tecnologia não chegam a somar dez porcento das exportações brasileiras. Quando o 'Plano Real' foi implantado, em 1994, algumas vozes lúcidas alertaram: Moeda forte é consequência de forte política de investimentos, sobriedade fiscal e muita ciência e tecnologia.

O retrocesso é evidente. Este governo é um desastre.

ITAGUAÇÚ disse...

IDH – POSIÇÃO NO PNUD/ONU.
Estados administrados pelo PT:
16° - PA
17° - AC
19° - BA
20° - SE
24º - AP
25° - PI
Estados administrados pelo PSDB/DEM:
1° - DF
2° - SC
3° - SP
5° - RS
9° - MG